Conteúdo

Dominante, Hamilton supera Verstappen e faz a pole no Catar

20 de novembro de 2021

(por Mattheus Prudente)

A Fórmula 1 aterrissou pela primeira vez na história no Catar para um GP no país, utilizando o divertido circuito de Losail para isso. A classificação trouxe a disputa entre Lewis Hamilton e Max Verstappen novamente, e o britânico levou a melhor, fazendo a pole position e superando o seu rival, que ficou em segundo. Na terceira posição, ficou Valtteri Bottas, com uma boa posição de Pierre Gasly em quarto.  

O Q1 trouxe uma forte disputa entre Hamilton e Verstappen, começando com Hamilton fazendo o melhor tempo e sendo respondido pelo seu rival. No entanto, os dois principais nomes do Q1 foram Yuki Tsunoda e Gasly, que têm tido um fim de semana bom com a AlphaTauri. Pilotos como Fernando Alonso e Lando Norris também impressionaram com suas voltas. 

No final, Charles Leclerc e Daniel Ricciardo estavam tendo problemas para se livrar do risco de ficar de fora, mas conseguiram fazer voltas boas e passaram para o Q2. George Russell, mais uma vez, levou a sua Williams para frente, sendo essa a 15ª vez que o britânico vai para o Q2.  

Apesar de ter feito uma volta boa no início, sobrou para Kimi Raikkonen a desclassificação no Q1, junto com seu companheiro Antonio Giovinazzi. Nikita Mazepin, Mick Schumacher e Nicholas Latifi também ficaram de fora. 

Hamilton e Verstappen começaram o Q2 de pneu médio, mostrando suas intenções de largar com esse composto de pneus na corrida. A mesma coisa aconteceu com os dois pilotos da Ferrari e da McLaren, que têm uma disputa pessoal pela terceira posição no mundial de construtores. 

Gasly mais uma vez impressionou em sua primeira tentativa, ficando em segundo. Outros pilotos que conseguiram impressionar foram Tsunoda e Alonso, enquanto Sergio Perez, de Red Bull, estava fora até os minutos finais do Q2, quando teve que colocar pneus macios para tentar fazer uma volta que o colocasse entre os 10 primeiros. 

Mesmo com os pneus macios, Perez não conseguiu passar para o Q3, complicando a estratégia da Red Bull, que esperava que o mexicano acompanhasse Verstappen no topo do grid. Leclerc e Ricciardo mais uma vez mostraram problemas com a pista e ficaram de fora, sengo acompanhados por Lance Stroll, de Aston Martin, e Russell. 

O Q3 mais uma vez trouxe um embate pessoal entre Hamilton e Verstappen, com a primeira tentativa sendo melhor para o britânico, que ficou um décimo mais rápido do que o seu rival. O destaque mais uma vez ficou com Gasly, que se colocou em quarto. 

Depois dos times voltarem para a pista para a segunda tentativa, Hamilton se colocou na frente para tentar melhorar o seu tempo, e conseguiu de maneira espetacular, tirando quatro décimos da volta anterior. No entanto, quando Verstappen estava no meio de sua volta, um problema com pneu furado de Gasly causou uma bandeira amarela e, faltando poucos segundos para o final, ninguém conseguiu melhorar o seu tempo de volta por terem que diminuir a velocidade, e Hamilton garantiu a pole. 

Veja como ficou o grid de largada do GP do Catar: 

1º - Lewis Hamilton (Mercedes) 
2º - Max Verstappen (Red Bull) 
3º - Valtteri Bottas (Mercedes) 
4º - Pierre Gasly (AlphaTauri) 
5º - Fernando Alonso (Alpine) 
6º - Lando Norris (McLaren) 
7º - Carlos Sainz (Ferrari) 
8º - Yuki Tsunoda (AlphaTauri) 
9º - Esteban Ocon (Alpine) 
10º - Sebastian Vettel (Aston Martin) 
11º - Sergio Perez (Red Bull) 
12º - Lance Stroll (Aston Martin) 
13º - Charles Leclerc (Ferrari) 
14º - Daniel Ricciardo (McLaren) 
15º - George Russell (Williams) 
16º - Kimi Raikkonen (Alfa Romeo) 
17º - Nicholas Latifi (Williams) 
18º - Antonio Giovinazzi (Alfa Romeo) 
19º - Mick Schumacher (Haas) 
20º - Nikita Mazepin (Haas)