Conteúdo

De virada para o título! Colorado Avalanche derrota o Tampa Bay Lightning e conquista a terceira Stanley Cup de sua história

27 de junho de 2022

(por Rafael Lima)
 

O Colorado Avalanche viajou até a Flórida para tentar liquidar a série final contra o até então atual bicampeão, Tampa Bay Lightning, que trazia muita confiança após salvar o “primeiro match point” na última sexta-feira. 

Tampa foi para cima desde o início com o apoio da Amelie Arena e, com o craque Steven Stamkos, após linda jogada coletiva, abriu o placar no primeiro período. Mesmo depois do gol, o domínio do Lightning era completo, o time pouco sofria e criava oportunidades para fazer o segundo.

Só que aos dois minutos da segunda etapa, numa jogada rápida Nathan MacKinnon recebeu de Bowen Byram e empatou a peleja. O gol foi confirmado depois de muitos protestos do treinador Jon Copper, que pediu insistentemente uma falta na jogada.

Parece que o gol deu uma mexida no psicológico do time da casa, que passou a ser dominado pelo adversário de forma até surpreendente. Colorado foi criando chances e virou com Artturi Lehkonen. 

Os visitantes passaram a criar uma avalanche de oportunidades, mas Vasilevskiy brilhou para manter Tampa Bay vivo no jogo. Mas, já no terceiro período, o desorganizado Lightning partiu para cima em busca da igualdade e aos trancos e barrancos teve suas chances de levar a partida para a prorrogação, inclusive, no fim, tirando o goleiro para colocar mais um jogador de linha, mas todas as investidas que foram na meta, pararam no contestado Kuemper, que garantiu, depois de 21 anos, a terceira conquista de Stanley Cup do Colorado.
 

Final: Colorado Avalanche 2x1 Tampa Bay Lightning
 

O título coroa um trabalho espetacular, que vai desde o gerente geral Joe Sakic, bicampeão como jogador pela franquia, a paciência e o foco motivacional do treinador Jared Bednar, a redenção do goleiro Kuemper, a linha espetacular formada por Cale Makar, Devon Toews, Mikko Rantanen, Artturi Lehkonen e o craque Nathan MacKinnon, que fizeram uma campanha espetacular na temporada regular (56-19-7), a melhor do Oeste, e destruíram adversários nos Playoffs, perdendo apenas quatro de 20 jogos nos mata-matas, derrubando o início de dinastia do fortíssimo Tampa Bay Lightning.

Cale Makar foi eleito o MVP das finais com oito gols e 21 assistências, sendo o artilheiro do time. Além disso, Makar já havia conquistado o título de defensor do ano da temporada.

Parabéns Colorado Avalanche, a Stanley Cup está em boas mãos!