Conteúdo

(por Jefferson Castanheira)

Stephen Curry está em uma missão. Não sabemos se ela terminará quando vencer o MVP da temporada ou conquistando mais um anel de campeão.

Direto do Rocket Mortgage FieldHouse, em Cleveland, os Warriors enfrentaram os Cavaliers, que foram superiores no começo da partida, abrindo vantagens de dois dígitos diversas vezes. Mas os Warriors se mantiveram na briga o tempo todo, sempre se aproximando da liderança dos anfitriões graças à boa performance do banco, já que Golden State teve 38 pontos vindos dos jogadores que não eram titulares – contra 20 do banco de Cleveland.

No último período, Stephen Curry ligou o modo MVP, anotando 20 dos 40 pontos que colocou na conta do placar apenas no último quarto. Curry, além de ser um gatilho ofensivo absurdo que é, coordenou a defesa e atuou com maestria protegendo o perímetro, além de alimentar o garrafão e partir para o isolation, que inclusive geraram 14 assistências para Draymond Green, que rodava o pick and roll. Com essa blitz de eficiência ofensiva e defensiva, o Cleveland Cavaliers foi "sufocado'' e apenas anotou oito pontos no último período, contra 36 dos Warriors.

Darius Garland foi o principal ativo dos Cavs com 25 pontos e cinco assistências. Collin Sexton, Evan Mobley e Jarrett Allen não jogaram, e com isso, todo o recurso que poderia ser primordial para uma vitória foi ocultado perante as proeminências performáticas do visitante.

Final: Golden State Warriors 104 x 89 Cleveland Cavaliers
Outros resultados:

Washington Wizards 97 x 112 Miami Heat
Los Angeles Clippers 108 x 120 Memphis Grizzlies
San Antonio Spurs 90 x 115 Minnesota Timberwolves
Philadelphia 76ers 103 x 89 Denver Nuggets
Houston Rockets 103 x 119 Utah Jazz