Conteúdo

Cristiano Ronaldo salva mais uma vez! Mesmo com primeiro tempo ‘horrível’, Manchester United garante classificação antecipada após bater o Villarreal na Espanha

23 de novembro de 2021

(por Layo Lucena)

Na primeira partida após a saída de Ole Gunnar Solskjær, o Manchester United sofreu para vencer o Villarreal no El Madrigal, na Espanha. Michael Carrick, em seu jogo de estreia como treinador interino, deixou Bruno Fernandes e Marcus Rashford no banco, dando chance para Anthony Martial e Donny van de Beek como titulares, mas a decisão se mostrou errada.

O Villarreal dominou, com facilidade, o primeiro tempo inteiro, terminando os primeiros 45 minutos com 53% da posse e com nove finalizações, sendo duas ao gol de De Gea. Já o Manchester United, teve uma das piores primeiras etapas da temporada, não conseguindo produzir quase nada graças a desorganização em campo, tanto no ataque como na defesa. O placar se manteve apenas porque De Gea fez excelentes defesas.

A partida foi atrasada em sete minutos após o árbitro precisar trocar o aparelho de comunicação com os outros assistentes. Com o apito inicial, o Villarreal se mandou para o ataque, chegando com perigo logo no início. Aos quatro minutos de jogo, Moi Gómez finalizou, após invadir a área sozinho, mas De Gea fez grande defesa na primeira chance de gol do duelo.

Com nove minutos jogados, Danjuma chutou de fora da área, e a bola bateu em McTominay e sobrou para Pino. O camisa 21 finalizou, mas o chute só passou próximo ao gol de De Gea.

Já aos 26’, Pino, novamente, levou perigo ao gol do Manchester United, desta vez como 'garçom'. O camisa 21 achou Trigueros invadindo a área, e o atacante chegou finalizando, exigindo mais uma grande defesa de De Gea.

Foi somente aos 30 minutos que o United chegou pela primeira vez, com Cristiano Ronaldo, mas nada que assustasse o goleiro Pulli. A primeira etapa foi marcada por um amplo domínio do Villarreal e uma completa desorganização dos ‘Red Devils’.

O segundo tempo continuou com a mesma coisa da primeira etapa. O Villarreal, logo aos 58’, teve a primeira oportunidade dos 45 minutos finais, com Trigueros finalizando de primeira, já na grande área, porém De Gea fez um verdadeiro “milagre”.

Já aos 70’, após as entradas de Bruno Fernandes e Rashford, o United “acordou” em campo.  Sancho teve a melhor oportunidade dos ‘Red Devils’ na partida. O camisa 21 finalizou, após passe de Fernandes, já na grande área, mas Rulli fez grande defesa.

Por incrível que pareça, foi o United que abriu o placar mesmo jogando abaixo do esperado. Rulli, aos 77’, saiu mal, Fred conseguiu roubar e bola, que sobrou para Cristiano Ronaldo. O camisa sete só teve o trabalho de encobrir o goleiro. Um a zero United.

Aos 89’, em contra-ataque liderado por Cristiano Ronaldo, a bola chegou a Rashford, que cruzou rasteiro. Bruno Fernandes deu um leve desvio, e Sancho dominou e finalizou com força. A bola chegou a bater no travessão, antes de entrar nas redes. Dois a zero United.

Fim de jogo: Villarreal 0 x 2 Manchester United

Com o resultado, o Manchester United garantiu a sua classificação para a próxima fase da Champions League com uma rodada de antecedência. Líder do com 10 pontos, os ‘Red Devils’ encerra a sua participação na fase de grupos da Champions no dia 8 de dezembro, contra o Young Boys, na Inglaterra. Já o Villarreal, que até o momento é o segundo colocado no grupo, irá enfrentar a Atalanta, na Itália, também no dia 8.