Conteúdo

Conheça o fantástico GP da Cidade da Música, novo circuito que receberá a Indy neste fim de semana

6 de agosto de 2021

(por Jefferson Castanheira)
 

Nashville, Tennessee. Para os amantes antigos da Fórmula Indy, a cidade, que é capital do estado do Tennessee, é sinônimo de um circuito oval muito característico e diferente dos outros espalhados pelos Estados Unidos. Com 1.33 milhas e pista de concreto, o Nashville SuperSpeedway (sim, SuperSpeedway apesar do tamanho, devido sua inclinação e alta velocidade o tempo todo) teve etapas na IndyCar Series de 2001 – data de sua inauguração, até 2008, incluindo duas vitórias brasileiras, sendo uma de Gil de Ferran, em 2004, e Tony Kanaan, em 2005.

Então, desde 2008 a cidade de Nashville não recebe a Indy, que agora retorna para um de seus lugares de maior concentração de fãs. Apesar da existência do oval que possui médias de volta em 200 milhas (331 Km/h), a Indy irá inaugurar um novo traçado que passará pelo coração da Cidade da Música e será a primeira corrida profissional a cruzar por uma ponte, em cima do rio Cumberland até o centro de Nashville. A pista tem 3,49km de comprimento, sendo estes 500 metros aproximadamente em cima da ponte Cumberland, que ainda passa nos arredores do Nissan Stadium (estádio do Tennessee Titans, time da cidade na NFL), estimando 100 mil espectadores nas arquibancadas. Em alguns palcos durante o final de semana, acontecerão shows de bandas locais e até mesmo um concurso musical, fazendo do evento um festival cultural – já que o GP ainda abrigará lounges e restaurantes com comida típica do sul dos EUA.

O traçado tem duas retas longas (tanto na ida quanto na volta pela Korean Veterans Bridge, que passa pelo rio Cumberland). O setor 1 da pista recebe a reta de partida/chegada e Pit Stop, possuindo a primeira curva do traçado em quase 90º, que dá sequência para um cotovelo na curva 2, até que alcança a curva 3 em mais velocidade e já entra na primeira grande reta que passa pela ponte, fechando o setor. O início do Setor 2 se dá já do outro lado da ponte, na curva 4 para a esquerda e que leva para a 5 na direita, as curvas 6 e 7 se separam por uma pequena reta, ambas para a esquerda, fazendo o contorno para o retorno para ponte, sendo a curva 8 em quase 90°, para o sentido contrário da ponte, fechando o setor 2 nela. O último setor de uma volta no traçado já se dá após a volta pela ponte, no ponto de maior velocidade da pista. A curva 9 devolve o traçado para a área dos paddocks que, em formato quadriculado, recebem a curva 10 e a última, número 11, dando acesso para a reta principal de frente ao Nissan Stadium. 

O final de semana de estreia do GP de Music City ainda trará etapas dos campeonatos de SRO GT Championship e Stadium Super Truck Race, tanto no sábado quanto no domingo. Mas a etapa válida pela temporada 2021 da Fórmula Indy tem início programado para as 18h30 (horário de Brasília) com transmissão da TV Cultura, com 80 voltas. A corrida terá participação do brasileiro Helio Castroneves e seu carro #06 azulado da Transcard, pela equipe Meyer-Shank.