Conteúdo

Confira o que disseram os quatro primeiros colocados após o treino de classificação para o GP do Azerbaijão

5 de junho de 2021

(por Bruno Braz)

O treino de classificação para o GP do Azerbaijão foi surpreendente, com Leclerc conseguindo sua segunda pole position seguida. Hamilton, que estava devendo nos treinos preparatórios, tirou um coelho da cartola e sairá na primeira fila, seguido de perto pelo líder do campeonato, Max Verstappen. Fechando a segunda fila, outra surpresa com Pierre Gasly, que lutou de igual com as Mercedes, Red Bulls e Ferraris, garantindo um fantástico resultado. Confira o que eles disseram:

Charles Leclerc

"Eu achei que tinha sido uma volta de m****. Errei duas ou três curvas, mas peguei um vácuo do Lewis no último setor, que me ajudou. Não esperava estar competitivo, mas fiz a pole e estou feliz. O carro parece bom, mas Mercedes e Red Bull estão mais fortes em ritmo de corrida e aqui não é como Mônaco.” Argumentou o realista Leclerc.

Lewis Hamilton

"A volta foi ok. Não esperávamos por isso. Foi um resultado grandioso para nós, pois estávamos tendo problemas inimagináveis durante o final de semana”. disse o campeão."Nos mantivemos centrados e tivemos dificuldades. Nos desafiamos e não nos entregamos. Fizemos muitas mudanças entre as seções e durante a noite. Estou orgulhoso de todos. Começar próximos desses caras nos dá boas oportunidades para amanhã”. Completou.

Max Verstappen

"Que classificação ruim. Ainda temos o terceiro lugar. Temos um carro bom, mas aquela m**** no Q3 não nos ajudou. É uma m****, mas essas coisas acontecem em circuitos de rua. Temos um carro forte. Espero que amanhã consiga gerir os pneus e marcar muitos pontos”. Disse o líder do campeonato. “Estamos definitivamente na briga pela vitória, mas gostaria de estar mais à frente. Quem sabe o que vai acontecer na corrida amanhã? Vamos focar em uma boa largada”. Finalizou Max.

Pierre Gasly

"Foi um dia fantástico. Líder no TL3 e quarto na classificação, lutando com Ferrari, Mercedes e Red Bull! Ainda não tinha acontecido com a gente. Nossos finais de semana tem sido muito forntes e me sinto bem no carro. Quase superamos Max.” Falou o empolgado piloto francês.