Conteúdo

(por Rafael Lima)


A abstinência do melhor basquete do mundo acabou e a temporada 21/22 da NBA começa nesta terça-feira (19) com dois jogaços. Primeiro o Milwaukee Bucks, atual campeão, enfrentará o poderoso Brooklyn Nets e, logo depois, acontece o clássico californiano entre Los Angeles Lakers e Golden State Warriors. 

Agora, antes da bola subir, resolvi fazer meu Top 10 de cada posição para esta temporada, levando em consideração habilidade, projeção de evolução e, é claro, gosto pessoal. Confira!
 

Armador (PG)

Na posição de armador é difícil alguém não concordar que Stephen Curry ainda é o melhor. Com uma capacidade surreal de arremessar de longa distância e muita inteligência em quadra, o “brinquedo assassino” segue sendo a grande arma do Golden State Warriors, que precisa dele para voltar aos dias de glórias. No top 3, Damian Lillard, o jogador que mais se assemelha a Curry no potencial de acertos dos arremessos e Luka Doncic, que deve jogar na posição 1 nesta temporada, sendo o “arco e a flecha” do Dallas Mavericks. Vale mencionar a baixa colocação de Kyrie Irving, que tem potencial para estar acima, mas com a possibilidade de não jogar por mais da metade da temporada, isso se atuar, acabou descendo. Veja a lista:

1- Stephen Curry (Warriors)

2- Damian Lillard (Blazers)

3- Luka Doncic (Mavericks)

4- Chris Paul (Suns)

5- Russell Westbrook (Lakers)

6- Trae Young (Hawks)

7- Kyrie Irving (Nets)

8- Ja Morant (Grizzlies)

9- Kyle Lowry (Heat)

10- Ben Simmons (76ers)
 

Ala-armador (SG)

Esta é uma das posições com menos quantidade de talento, porém, possui excelentes atletas, como o nosso líder do ranking, James Harden, que promete finalmente conquistar um anel de campeão da NBA, pois com Kevin Durant saudável e o grande elenco dos Nets, o “barba” tem tudo para brilhar. Para fechar o top 3, os jovens Donovan Mitchell e Devin Booker, que crescem a cada temporada e devem ser os responsáveis por fazerem seus times brigarem pelo título. Klay Thompson é mais completo do que os jogadores que estão na sua frente, porém, o tempo de inatividade pesou para que ele descesse na lista.

1- James Harden (Nets)

2- Donovan Mitchell (Jazz)

3- Devin Booker (Suns)

4- Bradley Beal (Wizards)

5- Klay Thompson (Warriors)

6- Zach LaVine (Bulls)

7- CJ McCollum (Blazers)

8- Victor Oladipo (Heat)

9- Marcus Smart (Celtics)

10- Terry Rozier (Hornets)
 

Ala (SF)

Se a posição de ala-armador não tem muita quantidade de foras-de-série, na ala a liga possui uma qualidade maior, até pelo jogo ter ficado mais móvel e “SGs” como Jimmy Butler, Khris Middleton e DeMar DeRozan ter se tornado "SFs". Falando em craques, nas primeira colocação o maior de sua época, LeBron James. Apesar da idade avançada (36 anos), o “King” James, se cuida muito e é muito inteligente em quadra, ditando o ritmo do jogo. Para completar o pódio, o excelente Paul George, que defende e ataca bem, e deve ser o responsável por levar os Clippers longe, já que Kawhi Leonard não tem prazo definido para retornar às quadras. Além de Jimmy Butler, maestro do Heat, que com o auxílio de Kyle Lowry, deve conduzir Miami a coisas grandes na temporada.

1- LeBron James (Lakers)

2- Paul George (Clippers)

3- Jimmy Butler (Heat)

4- Khris Middleton (Bucks)

5- Jaylen Brown (Celtics)

6- DeMar DeRozan (Bulls)

7- Brandon Ingram (Pelicans)

8- Michael Porter Jr. (Nuggets)

9- Gordon Hayward (Hornets)

10- RJ Barrett (Knicks) 
 

Ala-pivô (PF)

Chegamos numa posição com uma enorme quantidade de talento, é difícil não colocar Giannis Antetokounmpo, espetacular na defesa e quase imparável quando "bate para dentro”, no topo entre os alas-pivôs. Porém, Kevin Durant jogará como “PF” e ele está com fome de título, sendo tecnicamente o melhor jogador da NBA, roubando a posição do craque dos atuais campeões. Completando o top 3, um atleta que poderia rivalizar mais com Giannis se não sofresse tanto com lesões, o segundo jogador mais importante dos Lakers, Anthony Davis, completíssimo também. Kawhi Leonard, sem data de retorno, acabou ficando embaixo na lista por esse motivo, mas, se voltasse à velha forma, mereceria brigar pelo pódio. Esta foi a posição mais difícil de deixar jogadores talentosos de fora.

1- Kevin Durant (Nets)

2- Giannis Antetokounmpo (Bucks)

3- Anthony Davis (Lakers)

4- Jayson Tatum (Celtics)

5- Kawhi Leonard (Clippers)

6- Zion Williamson (Pelicans)

7- Domantas Sabonis (Pacers)

8- Julius Randle (Knicks)

9- Draymond Green (Warriors)

10- Pascal Siakam (Raptors)
 

Pivô (C)

Na era dos pivôs que saem mais do garrafão e são bem mais completos, o topo da lista ficou com um “Center” que pode até jogar como armador se quiser, devido ao seu tamanho talento e visão de jogo, o pivô do Denver Nuggets, Nikola Jokic. Outro jogador que teria condições de liderar esse ranking é Joel Embiid, astro dos Sixers que apresenta um jogo mais físico, mas tem mobilidade e consegue participar bastante dos jogos. Para fechar o pódio, o melhor jogador defensivo da liga, Rudy Gobert, que mesmo não tendo a fama que seu basquete merece, está entre os três principais pivôs da NBA.

1- Nikola Jokic (Nuggets)

2- Joel Embiid (76ers)

3- Rudy Gobert (Jazz)

4- Karl-Anthony Towns (Timberwolves)

5- Bam Adebayo (Heat)

6- Nikola Vucevic (Bulls)

7- Deandre Ayton (Suns)

8- Jonas Valanciunas (Pelicans)

9- Clint Capela (Hawks)

10- Christian Wood (Rockets)
 

Curiosamente, o Miami Heat foi a equipe com mais jogadores nos TOP 10, com quatro representantes. Enquanto isso, Detroit Pistons, Oklahoma City Thunder, Orlando Magic, Sacramento Kings e San Antonio Spurs não tiveram nenhum jogador na lista de nenhuma das posições.