Conteúdo

Com superação defensiva, Chiefs derrotam Broncos e seguem com chances de conquistar a seed 1 da AFC

8 de janeiro de 2022

(por Rafael Lima)
 

Em uma partida duríssima, o Kansas City Chiefs sofreu para derrotar o aguerrido Denver Broncos, que abusou do jogo terrestre e mostrou para os futuros adversário do atual campeão da AFC um caminho para a vitória.

O duelo começou como um verdadeiro tiroteio. Os Chiefs abriram o placar numa bela jogada entre Patrick Mahomes e Travis Kelce. Porém, o Denver castigou no jogo corrido e garantiu o empate com Drew Lock invadindo a endzone.

A defesa dos Broncos atuou de forma sólida, contendo o ataque dos visitantes e, ainda no primeiro tempo, a equipe de Mile High City virou o confronto em uma corrida de 23 jardas de Lock, que parecia um running back.

Antes do intervalo, Harrison Butker reduziu a diferença. 

Na volta dos vestiários, Mahomes ligou Jerrick McKinney, que correu 14 jardas até a endzone para recolocar Kansas City na frente. Mas se o ataque pontuava, a defesa dos Chiefs ainda não conseguia conter o jogo terrestre dos anfitriões. Melvin Gordon correu 47 jardas e recolocou o time do Colorado na frente.

Butker pontuou para Kansas City, só que a vantagem ainda era dos Broncos (21-20) e o time gastou relógio e chegou até a red zone para liquidar a fatura, mas Gordon acabou sofrendo um fumble de Melvin Ingram. Nick Bolton recuperou a bola e correu até a endzone, virando para os Chiefs na melhor jogada defensiva dos visitantes na partida.

Ainda deu tempo de um FG dos anfitriões, mas não foi suficiente para dar o triunfo ao time da casa.
 

Final: Kansas City Chiefs 28-24 Denver Broncos
 

O Kansas City Chiefs não fez um grande jogo, mas saiu vencedor com dois TDs lançados por Patrick Mahomes e nenhuma interceptação. A defesa precisa melhorar contra o jogo terrestre para ter sucesso na pós-temporada. Agora a equipe seca o Tennessee Titans para tentar a seed 1.

Ao Denver Broncos resta a reformulação. O time precisa demais de um quarterback confiável. Pois, mesmo com dois touchdowns corridos, Drew Lock ainda deixa a desejar.