Conteúdo

Com primeiro tempo movimentado, Furacão faz a lição de casa para jogar pelo empate com o Libertad no Paraguai

28 de junho de 2022

(por Rafael Lima)

O Athletico Paranaense recebeu o Libertad na Arena da Baixada com o objetivo de levar uma boa vantagem para o Paraguai, porém, o que se viu foi um Libertad valente, que na maior parte do tempo jogou de igual com a equipe brasileira. Apesar disso, o Furacão teve competência para anotar seus gols e levar uma vantagem mínima para o jogo da volta.

O duelo começou bastante intenso, logo aos cinco minutos Terans deu boa assistência na área para Vitor Roque, que bateu sem chances para o goleiro Martín Silva.

Logo depois, Pedrinho, em boa subida ao ataque, exigiu grande defesa de Martín Silva. O Furacão vinha como um rolo compressor. Porém, aos pouco o Libertad conseguiu segurar o ímpeto dos anfitriões e passou a assustar. Melgarejo teve duas ótima chances, porém, o empate saiu após cruzamento de Samudio e Villalba coloca na rede.

A equipe paraguaia começou a se sentir à vontade, dominando as ações mesmo no Paraná. Entretanto, quando era inferior, Cuello cruzou da direita e a bola cruzou a área para chegar em Nicolás Hernández, que recolocou o furacão na frente.

O jogo era frenético, Cuello viu o goleiro adiantado e quase marcou um golaço, mas a redonda encontrou o travessão. Na sequência foi a vez do Libertad assustar com bela cabeçada de Diego Gómez. Mas, o último grande lance da etapa inicial foi de Terans, que deu lindo chapéu e deu cruzamento perfeito para Vitor Roque, que cabeceou para fora.

Se o primeiro tempo foi frenético, o segundo começou cadenciado. Apesar disso, logo o Furacão passou a assustar. Erick encontrou Vitor Roque que quase marcou, parando em Martín Silva.

Só que o Libertad não se intimidava com a torcida rubro-negra e seguia jogando de igual com o Athletico. Barboza de cabeça e Melgarejo com uma bomba no travessão assustaram demais a torcida paranaense. Mesmo assim, as melhores chances da reta final foram brasileiras, Cuello e Terans deram ótimos chutes, obrigando Martín Silva a efetuar defesas incríveis, garantindo a viabilidade do resultado para o jogo de volta.

O Libertad tentou ainda no fim, mas sem nenhuma chance mais clara, não conseguindo buscar a igualdade.

Final: Athletico Paranaense 2x1 Libertad

O jogo deixa um sinal de alerta par ao Athletico Paranaense, pois o Libertad mostrou que tem jogadores de qualidade e um bom time. A partida de volta deve ser bastante complicada para o Furacão, que precisa montar um esquema que sofra poucos riscos e busque os contragolpes para liquidar a fatura. Essa disputa tem tudo para ser emocionante até o último minuto.