Conteúdo

Com dois gols de Salah e grande atuação de Henderson, Liverpool goleia Everton no “Merseyside Derby”

1 de dezembro de 2021

(por Daniel Morales)

No clássico de Liverpool, o Merseyside derby, o lado vermelho da cidade sorriu. O terceiro colocado da premier league foi até o Goodison Park, casa do rival local, Everton. No duelo entre dois times que vivem momentos bem diferentes na temporada, o jogo dessa quarta-feira deixou clara a diferença dos dois times, que possuem seus estádios separados por menos de um quilômetro.

A partida no Goodison Park começou entregando qual seria a cara da peleja: os comandados de Jurgen Klopp pressionando desde o início da partida, de forma avassaladora. A primeira oportunidade dos "reds" veio logo no primeiro minuto de partida, quando Alexander-Arnold cobrou escanteio, zagueiro Matip fez o cabeceio, mas a bola passou do lado do gol de Pickford. Na sequência cruzamento para grande área, Salah se antecipou, porém o cabeceio não levou muito perigo. Salah teria outra chance após receber passe de Sadio Mané. O egípcio, livre de marcação, finalizou, mas Pickford fez grande intervenção.
 

A pressão inicial do Liverpool logo fez efeito. Aos 9’ da etapa inicial, Mané recebeu de Diogo Jota e foi até o fundo para fazer passe aberto ao capitão Jordan Henderson chutar colocado e bater Pickford. Liverpool 1-0. Os comandados de Klopp faziam um início de jogo impressionante e amassavam o Everton em seus domínios.
 

Aos 20’ o segundo gol. O Liverpool atraiu o Everton para seu campo de ataque, e em uma recuperação de bola de Thiago Alcântara, o brasileiro naturalizado espanhol tocou para Henderson que fez passe longo encontrando Salah, que na cara do gol não perdoou. 2-0 e o passeio anunciado. Com o passar do primeiro tempo, o Everton foi se organizando e equilibrando mais as ações. Mesmo assim o Liverpool possuía o controle da partida.


A melhora se fez real aos 37’ da etapa inaugural, quando Richarlison deu belo passe para Demarai Gray, que na cara de Alisson não desperdiçou a oportunidade e diminuiu o placar, 2-1. Com a partida mais disputada e com o Everton apoiado pela sua torcida, os times foram para o intervalo com o jogo aberto.

Para o segundo tempo, nem Klopp e nem Rafa Benitez fizeram mudanças em suas equipes. Mas o técnico espanhol se viu na obrigação de fazer sua primeira mudança após o atacante venezuelano Salomon Rondon sentir dores na coxa e pedir para sair. Em seu lugar entrou o jovem Anthony Gordon.
 

O jogo ficou mais pegado e com menos chances de gols, mas aos 15’ da etapa final, o capitão do Everton, Coleman, recebeu passe no centro do campo e se atrapalhou ao dominar a bola. Para o azar do zagueiro, Mohamed Salah estava atento à jogada. Roubou a redonda e disparou para ficar na cara de Pickford, e com uma "tacada de sinuca" fazer o terceiro gol. 3-1 para Liverpool. 
 

A equipe visitante, que parecia jogar em casa, ainda aumentaria o placar aos 35’. Robertson tocou para Diogo Jota, que deu um drible de corpo em Allan, antes de fuzilar o gol de Pickford! Golaço para mandar a torcida do Everton de volta para casa. Nos minutos finais o Liverpool só controlou a partida, ao som de "You Never Walk Alone", que era entoado pela sua torcida situada no setor visitante do Goodison Park. 
 

Final: Everton 1 x 4 Liverpool
 

Mais uma grande partida do Liverpool na atual temporada da premier league. O time de Jurgen Klopp foi dominante em boa parte do jogo, e em poucos momentos viu sua derrota ser ameaçada pelo arquirrival. Grande partida de Mohamed Salah, que com os dois gols foi o cara do jogo. Porém não se pode deixar de elogiar a partida e a temporada que vêm fazendo Jordan Henderson. O capitão do time é cada vez mais importante nas construções das jogadas e também na marcação.

Agora o Liverpool vai até Wolverhampton, onde irá enfrentar o time da cidade no próximo sábado (04). Devido a vitória do Chelsea sobre o Watford por 1-2, e do Manchester City pelo mesmo placar sobre o Aston Villa, o Liverpool segue na terceira posição da premier league. 

Já o Everton chegou ao oitavo jogo sem vencer. O time do brasileiro Richarlison já se ver em uma situação delicada na classificação, onde está em decimo quarto, apenas cinco pontos acima da zona do rebaixamento. A tendência é que Rafa Benitez seja demitido nos próximos dias devido à pressão instaurada no clube. O Everton irá receber o Arsenal na próxima rodada na segunda-feira (06).