Conteúdo

Com direito a duelo entre Galo e Boca, São Paulo e Racing, oitavas da Libertadores são definidas; Confira nossa análise

1 de junho de 2021

(por Leonardo Costa e Rafael Lima)
 

A CONMEBOL realizou nesta terça-feira o sorteio dos confrontos de oitavas de final da Copa Libertadores. As seis equipes brasileiras classificadas conheceram seus adversários, e de cara teremos dois confrontos entre Brasil e Argentina.

Confira como ficaram os duelos:

Flamengo x Defensa y Justicia

Boca Juniors x Atletico Mineiro

Universidad Católica x Palmeiras

Cerro Porteno x Fluminense

Velez Sarsfield x Barcelona

São Paulo x Racing

River Plate x Argentinos Juniors

Olímpia x Internacional

 

Os brasileiros entram como favoritos em todos os confrontos, sendo alguns de forma ampla, como o Flamengo diante do valente time o Defensa y Justicia, pois tem um elenco recheado de opções, um trabalho consolidado e com mais experiência em Libertadores. Se não cair num jogo de provocação, o rubro-negro leva a vaga sem maiores sustos.

O outro carioca, o Fluminense, que conquistou uma classificação heróica vencendo o River Plate por 3 a 1 na Argentina, deu sorte, enfrentando talvez o adversário mais acessível de todos. Favoritismo é tricolor.

O Internacional enfrentará mais duas vezes o Olimpia, seu adversário na fase de grupos, em que venceu as duas partidas (6x1 e 1x0). E agora é favoritaço à classificação, já que é comprovadamente mais forte. 

Assim como o Inter, o São Paulo também repetirá um adversário desta edição, o Racing Club, time que o tricolor não conseguiu vencer na fase de grupos (0x0 e 0x1) e que pratica o melhor futebol da Argentina hoje. Sendo o confronto mais difícil para os brasileiros.

O Palmeiras, que fez grande campanha na primeira fase, mas vem em fase irregular, enfrentará a Universidad Católica, que apesar de ser o melhor time do Chile nos últimos anos, não tem a qualidade do plantel do alvo-verde, porém, não será uma equipe tão fácil de ser batida.

O Galo caiu contra um dos times mais temidos da Libertadores, porém, está longe de seus melhores dias, se classificou em segundo no grupo do Barcelona de Guayaquil e não inspira a menor confiança. O elenco do Atlético é muito superior, Cuca já venceu este Boca a pouco tempo pelo Santos e tem totais condições de repetir a dose.

Para encerrar, o clássico argentino entre River Plate e Argentinos Juniors, deve pender ao time de Marcelo Gallardo, já que finalmente jogará completo. Mesmo como Argentinos jogando um bom futebol na atualidade.

O confronto entre o surpreendente Barcelona e o Vélez é bem equilibrado e traz a promessa de dois jogos bastantes interessantes. Assim como São Paulo e Racing, é um confronto difícil de dar um palpite.