Conteúdo

Colts são eliminados pelos Jaguars em partida para esquecer

9 de janeiro de 2022

(por Rodrigo Mota)
 

Fechando a temporada regular, o Jacksonville Jaguars recebeu o Indianapolis Colts na semana 18. Já eliminados, os Jaguars não tinham mais condições de se classificar para a pós-temporada, mas Indianapolis precisava de uma vitória para garantir a sua vaga, já que uma derrota significaria ter que torcer por outros resultados da rodada.

Embora os Colts tivessem amplo favoritismo para o jogo, quem roubou a cena e dominou o primeiro tempo foram os donos da casa. Logo no primeiro drive, Trevor Lawrence conduziu bem seu ataque para marcar logo de cara um touchdown em conexão com Laquon Treadwell, 7x0 após try convertido. 

Do lado de Indy, o ataque passou por muito aperto, com jogo terrestre sem fluir, Carson Wentz não foi capaz de produzir, e marcou um primeiro tempo de campanhas curtas. 

No segundo quarto, os visitantes deram uma resposta no ataque, impulsionados por belo lançamento de Wentz no fim do primeiro tempo, os Colts chegaram à redzone e chutaram um field goal para descontar, 7x3.

Logo no drive seguinte, os Jaguars responderam, com drive que avançou até a redzone, com direito a conversões bonitas de terceira descida, a equipe da casa gastou bastante relógio e chegou até dentro da linha de 5 jardas, mas Jacksonville decidiu ser conservador e chutar field goal para ampliar, 10x3. Com pouco mais de 3 minutos, os Colts voltaram a ofensiva, mas novamente nada deu certo para a equipe visitante e Indy se viu obrigada a devolver a bola para os Jags. 

Com pouco menos de dois minutos, os Jaguars novamente receberam a bola e em mais uma bela campanha conduzida por Lawrence, a equipe novamente se viu nas jardas finais do campo de ataque, porém mais uma vez a equipe teve que se contentar com field goal para levar 10 pontos de vantagem para o intervalo, 13x3.

Na volta dos vestiários, Jacksonville criou boa jogada defensiva ao gerar fumble em cima de Carson Wentz, que acabou soltando a bola e entregando em boa condição de campo para a equipe da casa. Mais uma vez, os Jaguars capitalizaram com field goal para estender mais a liderança, 16x3. 

Os Colts voltaram ao ataque, mas novamente a equipe esbarrou na defesa de Jacksonville que teve uma atuação impecável na confronto. Após uma campanha curta também de Jacksonville, Wentz voltou ao ataque, mas o camisa 2 acabou interceptado, esmagando ainda mais a moral do ataque. 

Lawrence então voltou a campo, e conseguiu novamente conduzir seu ataque, distribuindo bem os passes, o calouro ainda coroou a campanha salvando uma jogada que parecia acabada e conectando com Marvin Jones, para ampliar, 23x3.

Agora no período final da partida, após campanha de touchdown de Jacksonville, os Colts conseguiram produzir sua melhor campanha ofensiva até então, a equipe visitante chegou à beirada da endzone, mas com necessidade de marcar, Indianapolis arriscou quarta descida para garantir o touchdown mas novamente a defesa de Jacksonville conseguiu a parada virando a bola em downs para os anfitriões. 

Com a partida praticamente definida, Jacksonville adotou postura mais defensiva e tentou gastar o máximo de tempo possível. Na sequência os Colts em modo desespero, tentaram quarta descida no seu campo de defesa, mas a tentativa foi frustrada e a equipe devolveu a bola para os donos da casa que chutaram mais um field goal para ampliar, 26x3. 

Indianapolis ainda conseguiu uma boa campanha na reta final, com Wentz jogando melhor e conectando com seu alvo favorito da temporada, Michael Pittman Jr. para descontar, 26x11 após tentativa de dois pontos convertida. Os Colts tentaram onside kick, mas a equipe da casa acabou recuperando a bola e com pouco mais de 4 minutos de jogo, os Jaguars conseguiram as primeiras descidas necessárias para manter o relógio correndo e garantir a vitória.
 

Final: Indianapolis Colts 11-26 Jacksonville Jaguars
 

Apesar de uma derrota garantir a primeira escolha no draft, o que seria mais “inteligente” no momento, a equipe da casa resolveu estragar a festa do rival de divisão Indianápolis, que precisava de uma vitória simples para se classificar. Por sorte, os Lions também venceram os Packers, resultado que garantiu a primeira escolha para Jacksonville. 

Para os Colts, a derrota somada à vitória dos Steelers elimina o time de forma melancólica da temporada.