Conteúdo

Cleveland Browns faz o básico para vencer o New York Giants

21 de dezembro de 2020

(por Rodrigo Mota)
 

No Sunday Night Football da semana 15, o New York Giants recebeu o Cleveland Browns, no MetLife Stadium, em New Jersey, em jogo movido para o horário nobre.

O clima era de playoffs, porque ambas as equipes estão vivas na disputa para jogar em janeiro. Apesar de campanhas quase inversas, tanto os Browns quantos os Giants precisavam da vitória para se posicionarem bem nas suas respectivas conferências.

Os Giants receberam o kickoff e já conseguiram mandar bem no ataque, com Colt McCoy substituindo o lesionado Daniel Jones, a equipe não perdeu tempo e ganhou rapidamente campo na sua primeira posse, porém, ao chegar próximo da end zone, a equipe empacou e em quarta descida o time arriscou um fake field goal que acabou em passe incompleto e cedeu a bola aos visitantes. Os Browns também conseguiram certo avanço ofensivo, mas da mesma forma, arriscaram quarta descida e também saíram de mãos vazias. Na última posse do primeiro tempo então, foi quando o placar foi aberto, em mais uma campanha produtiva dos Giants a equipe esbarrou na red zone novamente, mas Graham Gano trabalhou bem de 37 jardas para abrir o placar, 3x0.

Já no segundo quarto foi a vez dos Browns darem a resposta, aproveitando também seu bom momento ofensivo, Baker Mayfield encontrou Austin Hooper na end zone para virar, 7x3 após o chute. Novamente os Giants foram produtivos, e mais uma vez a equipe alcançou a red zone, só que de novo a equipe saiu sem pontos após uma tentativa de quarta descida sem sucesso, com 5:16 restando no relógio. A posse voltou para Cleveland e Mayfield começou a se soltar mais e fazer alguns lançamentos precisos. Administrando bem o tempo, os Browns anotaram seu segundo touchdown do jogo em conexão de Mayfield com Jarvis Landry, Cody Parkey (como de costume) acertou a trave mais uma vez, e fechou o placar do intervalo em 13x3.

No terceiro período o jogo ficou mais defensivo, com as duas defesas se sobressaindo no confronto, mas na última campanha do terceiro quarto os Browns conseguiram retomar um pouco do ritmo forte ofensivo do primeiro tempo, com jogo terrestre aparecendo um pouco mais Cleveland conseguiu terminar o período na linha de 11 jardas do campo ofensivo.

Logo nos minutos iniciais do último e decisivo quarto, Nick Chubb completou a campanha de Cleveland, correndo para uma jarda para ampliar, 20x3. O ataque de New York continuou tendo dificuldades no ataque, a unidade pouco conseguiu produzir, e só conseguiu voltar a marcar em field goal de 39 jardas para diminuir, 20x6. Mayfield e seu ataque também desaceleraram o ritmo e basicamente só jogaram para queimar relógio. Os Browns conseguiram gastar boa parte do tempo e entregando a bola com cerca de um minuto para os anfitriões, só um milagre salvaria os Giants da derrota. McCoy até conectou alguns passes, mas não foi o suficiente para mexer no placar e terminou assim o embate de domingo a noite.

 

Final: Cleveland Browns 20-6 New York Giants


 

A vitória é extremamente importante para os Brows, que mesmo com 10 vitórias (primeira vez que a franquia tem uma temporada de 10 vitórias desde 2007) ainda não estão garantidos nos playoffs, mas com a vitória continuam um passo a frente da concorrencia na corrida para jogar em janeiro. Mayfield começou a jogar melhor e, se a defesa mantiver o nível, será dificil de arrancar a vaga dos Browns, que podem acabar sua seca de 17 anos sem playoffs. Na próxima semana Cleveland tem todos os ventos soprando a seu favor para carimbar a sua passagem aos playoffs ao enfrentar o New York Jets, em Nova Iorque.

Já para os Giants a derrota custou a liderança da NFC Leste. Já que Washington perdeu hoje, se New York tivesse vencido, o Big Blue assumiria a liderança da divisão e só dependeria de si para se classificar. Sem Daniel Jones a coisa não ficou fácil, mas a partir de agora é vencer ou vencer se a equipe quiser jogar nesta pós-temporada. Na semana seguinte o time tem um dificil confronto contra o Baltimore Ravens.