Conteúdo

Chumbo trocado! Dana White responde Borrachinha após críticas ao UFC: 'Não está em posição de pedir um dinheiro louco'

7 de junho de 2021

(por Leandro Chagas)

Presidente do UFC, Dana White não demorou muito para rebater as críticas de Paulo "Borrachinha" Costa à organização. Depois do brasileiro reclamar sobre o seu pagamento, o mandatário do Ultimate detonou as altitudes do ex-desafiante ao cinturão dos médios (até 84kg). 

A troca de farpas começou na última quinta-feira (05). Depois da imprensa noticiar que Borrachinha seria substituído por Kelvin Gastelum no duelo contra Jared Cannonier, marcado para o dia 21 de agosto, o lutador mineiro veio a público dar o seu lado da história. Paulo negou ter assinado contrato para o duelo, e ainda criticou a forma como o UFC o paga, comparando com os valores recebidos por youtubers nos desafios de boxe. 

"O UFC precisa me pagar como lutador principal para fazer lutas principais. Os youtubers estão mostrando todas as desgraças neste negócio. Só para deixar claro. Eu nunca assinei ou fechei esse contrato. Por que o UFC anunciou esta luta se eu não assinei? Minha dúvida também", indagou ele em seu Twitter. 

Em entrevista ao jornalista Aaron Bronsteter, do canal canadense TSN, Dana White demonstrou todo o seu descontentamento com as palavras de Borrachinha. 

“Eu não acho que isso seja verdade. Acho que ele assinou porque estendemos o contrato dele para recusar a luta. Mas ouça, não lute.  Eu tenho que oferecer a vocês três lutas por ano.  Esta é a minha situação com todos esses caras.  Eu te ofereço três lutas por ano.  Ele não tem que lutar.  Não tem problema, não lute", disse o presidente do Ultimate, que emendou na sequência:

"Adivinha? Você deveria ter começado um canal no YouTube quando tinha 13 anos de idade e construído seu nome e tudo mais e você poderia ter lutado na noite de sábado. Você não é uma porr* de YouTuber. Você é um lutador e isso é o que você faz para viver. Ou não, depende de você. E você não está em posição de falar sobre dinheiro louco depois de sua última apresentação", disse White, relembrando o duro nocaute sofrido por Paulo Costa no segundo round, na disputa de cinturão contra Israel Adesanya.

Essa é a segunda vez consecutiva que Kelvin Gastelum substitui Borrachinha. Sem lutar desde setembro de 2020, justamente quando perdeu sua invencibilidade diante de Adesanya, o mineiro de 30 anos tinha luta marcada no dia 17 de abril. Na ocasião, o Paulo enfrentaria Robert Whittaker na luta principal do card, mas acabou sendo substituído, por conta de uma gripe que o impediu de treinar da forma adequada para encarar o número um do ranking.