Conteúdo

Chris Paul quebra recorde ao não errar absolutamente nada em quadra e comanda classificação dos Suns

29 de abril de 2022

(Por Jefferson Castanheira)

Noite histórica na NBA nesta quinta-feira (28). Chris Paul foi surreal, não errou em nenhum momento dentro de quadra e liderou o Phoenix Suns pela vitória em cima do New Orleans Pelicans, classificando assim na série a equipe atual vice-campeã da NBA.

No jogo 6, o New Orleans ofereceu muita resistência contra Phoenix, liderando a partida por diversos momentos e vendo sua equipe lutar bravamente como foi visto em toda reta final de temporada regular e também nesta série. Pois bem, que trabalho Willie Green fez com os Pelicans! A equipe partiu do torneio play-in e venceu duas partidas contra a equipe melhor colocada em toda classificação geral da NBA.

Descobriu Jose Alvarado, viu CJ McCollum se encaixar como um Lego, viu Brandon Ingram liderar e Jonas Valaciunas se impor. A equipe foi imensamente forte e teve sim uma performance louvável.

Mas insuficiente. Insuficiente para reter um dos melhores armadores da história da liga. Chris Paul acertou 14 dos 14 arremessos que tentou. Acertou todos os arremessos de três pontos, média distância, bandejas e lances livres. Não cometeu nenhum turnover. E ainda assim cedeu 8 assistências.

Devin Booker até jogou, mas nem precisava. Paul chamou a responsabilidade e se uniu grandiosamente com De'Andre Ayton para calarem a intensidade rival. CP3 foi o primeiro jogador da história dos playoffs da NBA a conseguir tal façanha. Um feito histórico e coroado nos minutos finais da partida, quando Phoenix abriu uma distância maior e administrou a vitória. 

Final: New Orleans Pelicans 109x115 Phoenix Suns (Suns vencem a série por 4-2)

Os Pelicans caíram, mas caíram em pé. Se é que a semântica nos permite. E, de pé, aplaudiu Chris Paul em noite histórica e antológica. Tanto para NOLA quanto para Phoenix, a certeza é de que estão no caminho certo.