Conteúdo

Chikadze nocauteia Edson Barboza e se coloca definitivamente entre os melhores penas; confira tudo sobre essa e as principais lutas do UFC Vegas 35

29 de agosto de 2021

(por Rafael Lima)
 

O UFC Vegas 35 tinha como carros-chefe o combate entre dois pesos-pena de alto nível, Giga Chikadze e Edson Barboza, e as finais do TUF 29 entre os médios e galos.  Confira o que de melhor aconteceu no card principal.
 

Alguém anotou a placa! Giga Chikadze vence Edson Barboza por nocaute técnico no terceiro round

A luta principal prometia um show de trocação e a profecia se fez como previsto. Giga Chikadze e Edson Barboza foram para a guerra em pé, ambos iniciaram tentando castigar com chutes baixos. Ataques e contra-ataques das duas partes davam a impressão que alguém iria balançar. O brasileiro caminhava para frente, porém, na reta final do primeiro assalto, Chikadze deu uma bela combinação de socos e chutes para vencer a parcial.

No segundo round Edson Barboza seguiu caminhando para a frente, mas Giga Chikadze acertou um belo direto que fez o brasileiro sentir. O pupilo de Rafael Cordeiro acertou uma combinação de jab, direto e chute alto que novamente balançou Barboza. Mas o friburguense era valente e continuava tentando atingir o adversário.

Edson Barboza continuou tentando maltratar o georgiano com jabs e chutes baixos, mas o adversário era mais efetivo na trocação. Um ‘diretaço' limpo de Chikadze fez o brasileiro sentir. O georgiano partiu para cima e passou a impor uma sequência feroz, Barboza caiu, mas levantou, só que Giga voltou a impor uma surra e o árbitro acabou encerrando o combate.
 

Combate espetacular! Bryan Battle vence Gilbert Urbina por finalização no segundo round

Na final do TUF entre os pesos-médios, Bryan Battle e Gilbert Urbina foram com tudo em busca do título. Urbina começou mais agressivo e deu uma bela sequência de socos que abalou o adversário. Urbina resolveu levar para o chão para tentar a finalização, porém, continuou batendo. Era um monólogo. Porém, Battle, demonstrando ser um guerreiro, voltou de pé e passou a equilibrar as ações. Com bons socos e chutes, nem parecia que Bryan tinha sido atropelado no começo. 

Battle começou o segundo round totalmente recuperado dando dois belos diretos. Urbina sentiu que a trocação era desfavorável e tentou levar para o chão. Apesar de não ter conseguido sucesso, Gilbert acertou um bom cruzado. Foi aí que surpreendentemente Bryan Battle aplicou a queda evoluindo para as costas do adversário até atacar com um mata-leão definitivo. Que vitória!
 

Uma guerra! Ricky Turcios vence Brady Hiestrand por decisão dividida

Combate bastante equilibrado e movimentado desde o início. Ambos andaram para frente e não deixaram golpes sem resposta. A agressividade foi a tônica, a cada momento um poderia cair, porém, na base da raça e da técnica ambos foram até o final dos 15 minutos, deixando a decisão nas mãos dos juízes. E, por ‘2 a 1’, Ricky Turcios sagrou-se campeão peso-galo do TUF 29.
 

Subida mal sucedida! Daniel Rodriguez vence Kevin Lee por decisão unânime

Kevin Lee subiu para os meio-médios em busca de se apresentar mais forte, sem perder a velocidade. O ex-desafiante dos Leves, se aproveitou de sua maior agilidade para dominar desde o início. Lee colocou a luta para baixo e deu a impressão de que tomaria conta do combate. Só que mais forte, Dani Rodriguez passou a controlar na base do físico. Rodriguez partiu para cima e conforme o tempo passava ele dominava mais, pontuando e impressionando os juízes para garantir o triunfo.
 

Estreia impiedosa! Andre Petroski vence Michael Gilmore por nocaute no terceiro round

Andre Petroski demonstrou desde o início que era um pouco melhor em pé, mas o que impressionou foi o wrestling e o sólido jogo de quedas. Porém, Michael Gilmore, na base da raça, equilibrava as ações. Só que no terceiro assalto Petroski impôs um nocaute brutal. Bela estreia!
 

De virada! Gerald Meerschaert vence Makhmud Muradov por finalização no segundo round

O promissor Makhmud Muradov foi para cima desde o início, controlando o combate e agredindo o rival sem sustos. No segundo round Muradov tentou tomar conta da luta novamente, porém, com um jiu jitsu fantástico, Meerschaert foi para o chão e partiu para as costas de Muradov, impondo um mata-leão para vencer numa bela virada.

Confira todos os resultados:
 

Card principal 

Giga Chikadze derrotou Edson Barboza por nocaute técnico no terceiro round 

Bryan Battle finalizou Gilbert Urbina com um mata-leão no segundo round

Ricky Turcios derrotou Brady Hiestand por decisão dividida  

Daniel Rodriguez derrotou Kevin Lee por decisão unânime 

Andre Petroski derrotou Micheal Gillmore por nocaute técnico no terceiro round 

Gerald Meerschaert finalizou Makhmud Muradov com um mata-leão no segundo round

Card preliminar 

Abdul Razak Alhassan derrotou Alessio Di Chirico por nocaute no primeiro round

Wellington Turman derrotou Sam Alvey por decisão dividida 

Dustin Jacoby derrotou Darren Stewart por nocaute técnico no primeiro round 

JJ Aldrich derrotou Vanessa Demopoulos por decisão unânime 

Pat Sabatini finalizou Jamall Emmers com uma chave de calcanhar no primeiro round 

Mana Martinez derrotou Guido Cannetti por decisão dividida