Conteúdo

Chicago Bulls tira uma diferença de 20 pontos e surpreende o Portland Trail Blazers

6 de janeiro de 2021

(por Leonardo Costa)

A coletividade e garra do Chicago Bulls marcou a diferença na partida contra o Portland Trail Blazers. A equipe de Chicago teve resiliência para tirar uma desvantagem de 20 pontos e contou com 7 jogadores anotando ao menos uma dezena de pontos para vencer Damian Lillard e companhia.

Chicago entrou em quadra embalado pelo triunfo conquistado na rodada anterior contra o Dallas Mavericks, mas o que se viu no primeiro quarto foi um passeio da equipe de Portland, com Lillard imparável, anotando 13 pontos nos 12 minutos iniciais.

O segundo quarto teve uma pegada diferente e começou com duas bolas de três dos Bulls, com Otto Porter Jr. e Thaddeus Young, que diminuíram o prejuízo. Porém, os Blazers se mantinham com uma vantagem cômoda, que chegou a ser de 20 pontos no meio do quarto, mas o 47 x 27 logo se transformou em uma diferença de apenas sete pontos. 

Na volta do intervalo a franquia de Portland conseguia manter a dianteira, que chegou aos 12 pontos de vantagem no terceiro quarto, mas minguou para quatro após duas cestas seguidas de Garrett Temple, deixando o placar em 85 x 81.

O quarto decisivo começou com os Bulls mais calibrados e bem postados na defesa, e a primeira liderança de Chicago em toda a partida veio após cesta de Temple, faltando pouco mais de seis minutos a serem disputados. A partir daí foram várias trocas de liderança, até que dois lances-livres convertidos por Lillard deixaram Portland com apenas um ponto atrás do placar com 30 segundos para o fim. Zach Lavine jogou uma pá de cal na esperança dos Blazers ao anotar uma bola de três, e por mais que Lillard voltasse a diminuir o placar, Coby White sacramentou a vitória do Chicago Bulls com dois lances-livres. Carmelo Anthony ainda teve a chance de empatar no estouro do cronômetro, mas falhou.

 

Final da partida: Chicago Bulls 111 x 108 Portland Trail Blazers.

 

Coby White foi o maior anotador dos Bulls com 21 pontos, além de 10 rebotes, seguido por Otto Porter Jr. e Zach LaVine com 19 e 18 pontos cada, respectivamente. Além deles, Patrick Williams e Garrett Temple com 14, Wendell Carter Jr. com 13 e Thaddeus Young com 10, foram os outros jogadores que chegaram ao dígito duplo em pontuação, mostrando toda a coletividade de Chicago no duelo.

Pelos Blazers, CJ McCollum foi o cestinha da partida com 26 pontos, enquanto que Damian Lillard terminou com 24, mas anotou apenas 11 pontos nos últimos três quartos. O pivô Jusuf Nurkic anotou um duplo-duplo com 12 pontos e 11 rebotes, voltando a apresentar um bom nível.

Com o triunfo, os Bulls ficam com 4 vitórias e 4 derrotas e enfrentam os Kings em rodadas seguidas. Já os Blazers estão com campanha negativa (3-4), e medirão forças contra os Timberwolves para voltar a encontrar o caminho das vitórias.