Conteúdo

Chelsea sofre mas vence clássico contra West Ham; Jorginho perde pênalti

24 de abril de 2022

por João Zarif

O Chelsea recebeu o West Ham no Stamford Bridge, para um jogo com muita rivalidade entre as duas equipes de Londres. Os “blues” buscavam a vitória para não correr riscos de perder a vaga na Champions, que neste momento parece bem próxima, e os “hammers” tentavam o triunfo para chegar na zona de classificação para a Liga Europa da próxima temporada, competição que a equipe está nas semifinais neste ano, e enfrenta o Eintracht Frankfurt na quinta-feira no jogo de ida.

Apesar de o jogo ter grande expectativa pela boa fase recente das equipes, e também pela rivalidade, o primeiro tempo foi de dar sono. Os anfitriões dominaram a posse, cercaram a área adversária, mas não incomodavam o gol de Fabianski. Enquanto isso os visitantes pareciam satisfeitos com o resultado desde o início, talvez com atenção desviada pela “decisão” de quinta-feira. Sem perigo de mexer no placar, as equipes foram para os vestiários no intervalo.

A partida melhorou muito na segunda etapa, com as equipes tendo chances de marcar. Mas o melhor ficou para o fim. Aos 39 Lukaku entrou na área e foi puxado por Dawson, pênalti para o Chelsea. O Var foi chamado e o árbitro trocou o cartão amarelo pelo vermelho para o experiente zagueiro. Jorginho foi para a bola, com sua peculiar forma de bater, e viu Fabianski não se deslocar, esperando até o fim para pular, e fazendo defesa tranquila quase no meio do gol. 

Parecia que o Chelsea ficaria no empate após a cobrança ridícula de Jorginho, mas os anfitriões cresceram no jogo e foram ao ataque. Aos 45 Alonso cruzou da esquerda por baixo e viu Pulisic bater para fazer 1-0. Festa no Stamford Bridge, vitória sobre o rival garantida e vaga na Champions quase definida.

Final: Chelsea 1-0 West Ham