Conteúdo

Centésima pole de Hamilton, Verstappen “fungando cangote” e supresa da Alpine

8 de maio de 2021

(por Anderson Rodrigues)

Hoje tivemos a classificação oficial para o Grande Prêmio da Espanha de Fórmula 1, nos 4675 metros do circuito de Montmeló, com temperatura ambiente de 25ºC e 44ºC de temperatura da pista, umidade do ar em 47%. Lembrando que para esse evento estão disponíveis os pneus C3 (macio – vermelho), C2 (médio - amarelo) e C1 (duro – branco).

A sessão começou com 10 minutos de atraso por reparos na pista, pois houve um incidente na curva 9 durante a primeira corrida da Fórmula Regional, que afetou a proteção no local.

Q1

As equipes Williams e Haas foram as primeiras a sair à pista, com Latifi marcando 20.24, Schumacher 20.3, Mazepin 20.56, Russell recolheu sem completar volta. Depois saíram Mercedes e Red Bull, e logo na sequencia todos os outros. Destaques nesse momento eram Perez, marcando 18.6, Hamilton com 18.245, Bottas com 18.005 e Verstappen com 18.09. Vale ressaltar que os pilotos da Mercedes saíram para essa sessão com pneus médios.

Depois Norris chega a fazer o melhor primeiro setor, mas não conseguiu bater o melhor tempo pois foi atrapalhado por tráfego na pista. Gasly conseguiu encaixar um ótimo terceiro tempo. Russel fez 11º, após abortar sua primeira tentativa. Perez melhorou seu tempo na segunda tentativa com 18.2, com o terceiro melhor setor, pulando para a quarta posição. Nesse momento temos 14 pilotos no mesmo segundo.

Faltando três minutos e meio para o término da sessão, a maioria dos pilotos voltaram para a pista, tendo nesse momento Raikkonen, Stroll, Schumacher, Latifi e Mazepin eliminados, com Giovanazzi na bolha.

Raikkonen fez o melhor primeiro setor na sua segunda tentativa, 18.9. Stroll com 18.241, Giovanazzi com 18.5, Norris com 17.821 (melhor tempo da sessão) e Russell 18.445 que foi suficiente para levá-lo novamente ao Q2.

Eliminados foram Tsunoda, Raikkonen, Schumacher, Latifi e Mazepin. Russell novamente conseguiu levar sua Williams para o Q2. Mercedes usando pneus médios nessa sessão.

Tsunoda baixou o nível ao conversar com seu engenheiro após saber que foi eliminado, e na entrevista à Sky Sports, sugeriu que seu carro não era o mesmo de Gasly.
 

Q2

Os primeiros a sair para a pista para a sessão de 15 minutos foram Bottas e Hamilton, seguidos por Perez, Stroll e Gasly. Primeira tentativa vem com Hamilton marcando 17.631, Bottas baixando na sequência com 17.4, Stroll com excelente volta em 17.9 e Verstappen com 16.922 cravando os 3 melhores setores nesse momento e colocando 1.1 em cima de Perez, quase meio segundo no Bottas.

Russell fez uma única tentativa, saindo faltando seis minutos, marcou 19.1.

Faltando três minutos e meio, todos os pilotos foram à pista. Hamilton com pneu usado e Bottas novo. Leclerc melhora um pouco fazendo 17.7 e Sainz melhora bastante com 17.656. Vettel fez 18.079 e foi eliminado do Q3 com esse tempo, ao contrário de Perez e Riccardo, que fizeram 17.669 e 17.719 respectivamente. Hamilton faz o terceiro tempo com 17.166 e Bottas o segundo melhor tempo com 17.142.

Eliminados Stroll, Gasly, Vettel, Giovanazzi e Russell. Destaque para os nove primeiros com menos de um segundo de diferença, todos largando de pneus macios amanhã. Destaque negativo fica para a Aston Martin, que pela primeira vez na temporada não coloca um carro no Q3.
 

Q3

Começados os 10 minutos de treino, todos os classificados para a sessão já saíram para a pista para as respectivas primeiras tentativas. Norris foi o primeiro a abrir volta rápida fazendo 18.01, em seguida vem Leclerc com 17.8, Sainz com 17.62, Ricciardo 17.622. Nesse momento aparece Perez com o carro fora da pista após rodar na entrada da curva 13. Esse incidente não impediu que outros pilotos marcassem tempo, então vieram Hamilton com 16.741 (melhor tempo do final de semana), Verstappen com 16.777, Bottas com 16.873 e Ocon com 17.58.

Com dois minutos faltando, os pilotos saíram para a pista para a última tentativa. Verstappen buscando pista limpa e passando as Ferrari. Hamilton marcando seu melhor primeiro setor ao contrário de Bottas e Verstappen. No segundo setor os três pilotos não conseguiram melhorar, Hamilton errou no último e não melhorou seu tempo da primeira tentativa, o que ocorreu também com Bottas e Verstappen. Leclerc consegue a quarta posição com 17.510, passando Ocon no final. Perez consegue o oitavo tempo na sua única tentativa após rodar com 17.7.

Com isso, Hamilton consegue sua centésima pole na carreira, segunda na temporada. Outros destaques vão para Ocon, que mais uma vez larga a frente de Alonso e Bottas, andando próximo de Hamilton e Verstappen. Ricciardo sai pela primeira vez na frente de Norris. Perez erra e fica longe do top 3.

Posição

Piloto

Equipe

Q1

Q2

Q3

1

Lewis Hamilton

Mercedes

1:18.245s

1:17.166s

1:16.741s

2

Max Verstappen

Red Bull

1:18.090s

1:16.922s

1:16.777s

3

Valtteri Bottas

Mercedes

1:18.005s

1:17.142s

1:16.873s

4

Charles Leclerc

Ferrari

1:18.041s

1:17.717s

1:17.510s

5

Esteban Ocon

Alpine

1:18.281s

1:17.743s

1:17.580s

6

Carlos Sainz

Ferrari

1:18.205s

1:17.656s

1:17.620s

7

Daniel Ricciardo

McLaren

1:18.264s

1:17.719s

1:17.622s

8

Sergio Pérez

Red Bull

1:18.203s

1:17.669s

1:17.701s

9

Lando Norris

McLaren

1:17.821s

1:17.696s

1:18.010s

10

Fernando Alonso

Alpine

1:18.281s

1:17.966s

1:18.147s

11

Lance Stroll

Aston Martin

1:18.241s

1:17.974s

 

12

Pierre Gasly

AlphaTauri

1:18.190s

1:17.982s

 

13

Sebastian Vettel

Aston Martin

1:18.289s

1:18.079s

 

14

Antonio Giovinazzi

Alfa Romeo

1:18.549s

1:18.356s

 

15

George Russell

Williams

1:18.445s

1:19.154s

 

16

Yuki Tsunoda

AlphaTauri

1:18.556s

 

 

17

Kimi Räikkönen

Alfa Romeo

1:18.917s

 

 

18

Mick Schumacher

Haas

1:19.117s

 

 

19

Nicholas Latifi

Williams

1:19.219s

 

 

20

Nikita Mazepin

Haas

1:19.807s