Conteúdo

Celtics passam o jogo inteiro na frente, mas vencem com emoção o Miami Heat para conquistarem o 22º título do Leste de sua história

30 de maio de 2022

(por Rafael Lima)

Final de conferência com jogo 7, quase nada pode ser mais emocionante. Miami Heat e Boston Celtics chegaram a FTX Arena para decidir o Leste, após duelos de todos os tipos, massacres, apagões, duelos disputados, atuações antológicas, enfim, essa série teve de tudo e a pergunta a ser respondida nessa decisão era: Boston fará valer a escrita de não perder dois jogos seguidos, algo que não acontece desde 8 de janeiro, ou Miami confirmará o mando de quadra e a melhor campanha, com Jimmy Butler revivendo o desempenho espetacular do jogo 6? A bola subiu e a história começou a ser escrita.

A partida iniciou com o Boston Celtics muito mais ligado, a equipe marcava muito forte e fazia o Miami Heat forçar seus ataques, completamente perdido. Desta forma, os celtas abriram 9 a 1.

A partir daí, Miami começou a entrar mais no jogo, porém, trocava cestas com Boston, que selecionava melhor os arremessos. Grant Williams passou a ser uma boa válvula de escape e com ele os visitantes abriram 24 a 11. Tatum e Jaylen Brown também apareceram e os celtas fecharam o primeiro quarto bem na frente, com o placar favorável de 32 a 17.

O segundo período começou equilibrado, mas os Celtics se mantinham na frente por mais de 10 pontos. Jimmy Butler passou a ficar imarcável, carregando Miami em busca de uma reação, mas sempre que o Heat ameaçava reduzir, vinha uma bola de 3 celta que silenciava a FTX Arena.

Na reta final, Boston passou a rifar bolas de 3 desequilibradas e permitiu que Miami castigasse na transição, com Jimmy Butler impossível. Adebayo, Struss e Lowry também entraram no jogo e o time da casa aplicou uma “run” de 11 a 1 para diminuir bastante a diferença. Desta forma, as equipes foram próximas para o intervalo (55-49 em favor de Boston).

O terceiro período começou com Miami logo pontuando, mas Marcus Smart, inspirado, era o principal jogador celta, quente no ataque para segurar os visitantes na frente.

Sob a batuta de Smart, os celtas voltaram a colocar dígitos duplos de vantagem no placar. Só que na segunda metade do quarto o Heat se acertou mais defensivamente e, com uma “run” de 7 a 0, voltou a colocar fogo no embate. 
Apesar disso, quando a torcida tinha se empolgado, Tatum e Brown resolveram atacar mais a cesta para Boston voltar a escapar um pouco no placar. Só que os arremessos precipitados, somados à presença implacável de Jimmy Butler, fizeram o Heat levar uma diferença alcançável para o quarto derradeiro (85 a 78 para os celtas). 

A etapa final iniciou com Miami colando no placar normalmente, mas logo a defesa dos Celtics se reorganizou e aos poucos o time foi crescendo e mantendo uma vantagem confortável no placar. Tatum recebia marcação dobrada, mas ele conseguia encontrar companheiros em boas condições. Num momento chave, Jayson Tatum converteu uma bola tripla que colocou os visitantes na frente por 12 pontos. Butler tentava de tudo para manter o Heat na disputa e o jogo era bem nervoso. 

Os Celtics tinham uma vantagem confortável, mas nos últimos minutos uma sequência de quatro arremessos errados de Marcus Smart geraram uma “run” de 11 a 0 para Miami, que deixou o jogo em dois pontos de diferença depois de uma incrível cesta de 3 de Struss. Na sequência Smart errou uma bandeja e o Heat teve a chance da virada, mas Butler falhou numa bola tripla. Boston pegou o rebote, Horford passou para Smart que sofreu a falta. O armador foi para a linha de lance livre e converteu os dois arremessos. Para finalmente, após dois erros do Heat, os celtas comemorarem o 22º título da Conferência Leste de sua história!



 

Final: Boston Celtics 100-96 Miami Heat

O Boston Celtics, após 12 anos, volta à decisão da NBA demonstrando muita resiliência, depois de virar o ano fora do Play-in, para se tornar o melhor time da NBA de 2022, com uma defesa espetacular no garrafão e o melhor defensor de perímetro na liga, Marcus Smart.

A equipe teve uma sequência dificílima nos Playoffs, mas varreu os Nets de Durant e Irving, derrotou os Bucks de Giannis Antetokounmpo em 7 jogos e, novamente no número máximo de partidas, os celtas derrubaram a equipe de melhor campanha do Leste, Miami Heat.

Contra o Golden State Warriors, os Celtics terão que vencer um time mais descansado, com quatro estrelas e bons jogadores na rotação, porém, é impossível duvidar dessa equipe de Boston.

Os destaques da final do Leste foram Jayson Tatum (26pts, 10reb e 6ast), Jaylen Brown (24pts, 6reb e 6ast) e Marcus Smart (24pts, 9reb e 5ast) pelos Celtics. Do lado do Heat, Jimmy Butler (35pts e 9reb) e Bam Adebayo (25pts e 11reb) foram os principais nomes.