Conteúdo

Carolina Panthers vai fará proposta "agressiva" aos Texans para contratar Deshaun Watson

12 de março de 2022

(por João Zarif)

O Carolina Panthers não desistiu de sua busca por Deshaun Watson, demonstrando interesse no quarterback do Houston Texans muito antes de um grande júri decidir que ele não enfrentaria acusações criminais, por sua suposta má conduta sexual. Com parte da investigação resolvida, espera-se que Carolina faça uma oferta "agressiva" por Watson assim que ele renunciar à sua cláusula de não negociação (de acordo com a ESPN).

Carolina tentou trocar por Watson antes que os 22 processos civis alegando má conduta sexual em sessões de massagem fossem descobertos. Os casos em andamento dificultaram que a liga e os Texans tomassem qualquer ação em relação a uma possível suspensão ou troca, o que interrompeu as negociações com os Panthers (ou qualquer equipe). Watson não foi colocado na Lista de Isentos do Comissário porque a liga não pôde concluir que ocorreu uma violação grave.

A franquia de Charlotte ainda perseguirá Watson se uma possível suspensão estiver se aproximando, já que a NFL pode determinar que Watson violou o código de conduta pessoal da liga. Os Panthers estão inquietos com a posição de quarterback desde que o treinador Matt Rhule assumiu o cargo na temporada 2020, dando uma chance à Sam Darnold na temporada passada. Darnold completou apenas 59,9% de seus passes para 2.527 jardas com nove touchdowns e 13 interceptações (71,9 rating) em 12 jogos pelos Panthers na última temporada. A franquia recorreu até ao veterano Cam Newton, que regressou após passagem por New England, mas que não performou como a equipe esperava.

Com Rhule ostentando um recorde de 10-23 depois de duas temporadas e precisando desesperadamente de vitórias para salvar seu emprego, a busca dos Panthers por uma opção melhor como quarterback é necessária.