Conteúdo

Campeão do UFC, Usman alfineta Covington por recusar luta com Edwards e exigir revanche pelo cinturão

22 de fevereiro de 2021

(por Leandro Chagas)

Rivais declarados, Kamaru Usman e Colby Covington continuam trocando farpas. Atualmente número 1 da divisão dos meio-médios (até 77kg), o americano criticou a atuação do campeão no duelo contra Gilbert Durinho, no UFC 258, realizado no dia 14/02. Devolvendo na mesma moeda, ‘The Nigerian Nightmare’ disse que o bad boy errou ao recusar o combate com Leon Edwards para definir o próximo desafiante ao título da categoria.

Usman também criticou o fato do ex-campeão interino ter exigido uma revanche contra ele pelo cinturão, após ter vencido Tyron Woodley, em setembro de 2020. Vale lembrar que depois que Khamzat Chimaev saiu novamente da luta contra Leon Edwards, dessa vez por conta do Covid-19, o plano de Dana White era colocar Colby para enfrentar o inglês. 

Atual número 3 dos meio-médios, ao tomar conhecimento da proposta, Leon prontamente aceitou o combate. No entanto, o americano recusou, dizendo que não luta MMA para fazer caridade. Observando de longe a história, Kamaru, que nocauteou Covington em dezembro de 2019, disse que daria uma nova chance a "Caos" caso ele vencesse Edwards. No entanto, como isso não aconteceu, o campeão falou que seu desafeto precisará vencer no mínimo mais uma luta contra um top-5 para ter outra oportunidade. 

“Covington cometeu um grande erro. Quem recusa um pagamento? Isso é horrível. Não se pode fazer isso. Talvez, ele não esteja sofrendo por dinheiro. Além disso, ele recusou a chance de realmente lembrar os fãs. É preciso vencer, mas a última dele foi quando? Woodley tinha perdido duas. Covington exigiu a revanche, mas, em primeiro lugar, ele não é o favorito do UFC”, declarou Usman ao site ‘MMA Junkie’, completando na sequência:

“Covington também não vende tanto pay-per-view. Para Covington exigir algo assim, é ridículo. A melhor maneira de você solidificar sua chance pelo título é lutar. E uma boa maneira de fazer isso é derrotar o número três? Edwards está subindo, afirmando que merece uma chance. Covington cometeu um erro tremendo em recusar essa luta”, finalizou.

Após mais uma defesa de cinturão de Kamaru Usman, a situação da categoria segue em aberto. O campeão pediu uma nova luta contra Jorge Masvidal, alegando ter "negócios inacabados" com "Gamebred", que perdeu para o nigeriano em julho de 2020. 

Leon Edwards vai enfrentar Belal Muhammad, em uma luta importante para a divisão. Com isso, atletas bem ranqueados como: Colby Covington, Gilbert ‘Durinho’, Michael Chiesa e Stephen Thompson seguem livres, e podem se enfrentar por oportunidade de desafiar Usman futuramente.