Conteúdo

Caldo tá azedando! Na Philadelphia, Raptors dominam e vencem mais uma na série contra os 76ers; equipe da casa foi vaiada

25 de abril de 2022

(por Layo Lucena)

A situação do Philadelphia 76ers está piorando a cada partida na série contra o Toronto Raptors. Após abrir três vitórias de diferença, a equipe liderada por Joel Embiid e James Harden está presenciando uma virada história dos Raptors.

Em Philadelphia, o time canadense teve mais uma atuação dominante, assumindo a vantagem no placar ainda no primeiro quarto e não largou mais desde então. Com mais uma atuação sólida tanto no ataque quanto na defesa, os Raptors voltam ao Canadá com grandes chances de entrar na história da pós-temporada da NBA. Nenhum time em toda a trajetória da liga conseguiu virar uma série que começou com três derrotas seguidas. E o Toronto Raptors está caminhando a passos largos para realizar o feito.

Se de um lado a bola caia com facilidade - até em sua própria cesta, em um momento bizarro protagonizado por Scottie Barnes e Precious Achiuwa -, para os 76ers tudo foi mais difícil. Em noite horrível de James Harden, e Joel Embiid tentando, mas sofrendo com a lesão no dedo, os principais nomes da equipe de Philadelphia não repetiram o desempenho das últimas partidas; com isso, o restante do elenco meio que acompanhou a atuação fraca.

E o que isso resultou? Em uma amarga, sonora e forte raiva da torcida de Philadelphia no Wells Fargo Center. O momento de pura indignação da torcida com os jogadores dos 76ers aconteceu no final do segundo quarto, e a equipe foi para os vestiários sendo xingados por parte dos aficionados.

A torcida teve um mínimo de esperança logo no início do terceiro quarto, após uma bola de três pontos de Danny Green. Porém, pouco tempo depois, os Raptors retomaram as ações ofensivas e, contando com a falta de energia e desorganização dos adversários, só abriram a vantagem.

No meio do último quarto os 76ers desistiram completamente, optando por descansar seus principais jogadores e dar minutagem aos reservas; e os Raptors, agradecidos pela atitude, retribuíram marcando mais pontos, chegando a abrir 19 pontos de diferença - maior vantagem na noite.

Toronto Raptors 103 x 88 Philadelphia 76ers (PHI 3-2 TOR)

Pascal Siakam (Raptors): 23 pontos, 10 rebotes e sete assistências;

Joel Embiid (76ers): 20 pontos, 11 rebotes e quatro assistências;

Precious Achiuwa (Raptors): 17 pontos e sete rebotes

James Harden (76ers): 15 pontos, dois rebotes e sete assistências

Os dois times voltam a se encontrar na quinta-feira (28), em Toronto, Canadá.