Conteúdo

Bulls vencem Mavs, apesar da performance espetacular de Doncic, atropelamentos de Knicks e Clippers e boa vitória dos Pelicans

18 de janeiro de 2021

(por Rafael Lima)
 

Confira como foi o domingo da NBA (17):

 

Chicago Bulls 117 - 101 Dallas Mavericks

Luka Doncic deu um verdadeiro show na derrota dos Mavericks diante do Chicago Bulls, anotando 36 pontos, 16 rebotes e 15 assistências, porém, mesmo com a performance fantástica que lhe rendeu o 29º triplo-duplo da carreira, ultrapassando nada menos do que Michael Jordan, o esloveno não ficou satisfeito, pois além do revés, ele entendeu que forçou muito o jogo. 

O Chicago Bulls, apesar de não conseguir parar Doncic, conseguiu deslanchar a partir do segundo quarto, Garrett Temple (21pts) saiu do banco para liderar a segunda unidade, enquanto Lauri Markkanen (29pts e 10reb) fez sua melhor partida  na temporada para ser o ponto de desequilíbrio dos Bulls, que demonstraram uma defesa mais consistente e um jogo mais coletivo para vencer, logo após as críticas do próprio técnico Billy Donovan, que havia dito que o time queria vencer, mas não sabia como. Será que descobriu? 

A conferir.

 

New York Knicks 105 - 75 Boston Celtics

O confronto entre Knicks e Celtics marcava o retorno de Kemba Walker às quadras após problemas no joelho e uma operação. O armador fez sua estreia na temporada, porém, não conseguiu brilhar, assim como todo o time de Boston, que não conseguiu jogar diante da forte defesa de New York, que forçou turnovers e foi implacável diante do time verde. 

Além de ter dominado defensivamente, o NY Knicks também foi bem no ataque, atuando coletivamente, mas com os brilhos individuais de Julius Randle (20pts e 12reb) e RJ Barrett (19pts e 11reb). 

Os Celtics, ficaram atrás o jogo inteiro e nada fizeram para se aproximar no placar, o único atleta que se salvou é Jaylen Brown, que anotou 25 pontos e 6 rebotes.

 

Indiana Pacers 96 - 129 Los Angeles Clippers

Mais um jogo dominado completamente por uma equipe. O Los Angeles Clippers desde o início deu as cartas. Os californianos demonstraram uma defesa sufocante que forçou turnovers e se impôs, mesmo levando desvantagem em relação ao ótimo Domantas Sabonis (19pts e 14reb), que mesmo com bons números não teve vida fácil.

Doug McDermott foi muito bem do perímetro com 5 cestas de 3 (23pts), sempre tentando recolocar os Pacers no jogo. Apesar disso, a vantagem de LA ao longo do duelo ficava cada vez mais difícil de ser revertida, terminando em 34 pontos. 

A apresentação dos Clippers foi tão coletiva que três atletas dividiram a maior pontuação do time Paul George (20pts e 7reb), Marcus Morris (20pts e 7reb) e Luke Kennard (20pts). Outro que merece destaque é o craque Kawhi Leonard, finalizando a partida com 17 pontos, 7 rebotes e 5 assistências.

Com a vitória os Clippers, em segundo no Oeste, continuam à caça dos Lakers, com um triunfo a menos que os rivais.

 

New Orleans Pelicans 128 - 123 Sacramento Kings

Outro jogador que conseguiu uma performance espetacular foi D’Aaron Fox, conseguindo a maior pontuação de sua carreira com 43 tentos e ainda distribuiu 13 assistências. Porém, mesmo assim, Sacramento sucumbiu ao bom início dos Pelicans e o maior poder de decisão do time de New Orleans.

Fox teve a boa companha de Marvin Bagley III, que também fez um jogo acima da média com 26 pontos e 10 rebotes anotados, porém, os dois tiveram pela frente um trio inspirado formado por Zion Williamson (31pts e 6reb), Brandon Ingram (22pts) e Eric Bledsoe (21pts e 6reb).

Os Kings tentaram reagir no terceiro quarto, mas, no fim, a competência nos lances livres decidiu para os visitantes de New Orleans.

 

Utah Jazz 109 - 105 Denver Nuggets

Confira como foi a grande vitória do Utah Jazz: https://www.playmakerbrasil.com.br/noticia/coletivo-brilha-e-utah-jazz-consegue-importante-vitoria-diante-dos-nuggets