Conteúdo

Bruins goleiam Capitals, abrem vantagem e encaminham classificação

22 de maio de 2021

(por Mattheus Prudente)
 

Pelo jogo 4 da primeira rodada dos playoffs da NHL, o Boston Bruins venceu o Washington Capitals por 4 a 1 no TD Garden em Boston. Os Bruins dominaram toda a partida, e fizeram um grande resultado para ficar a apenas uma vitória da próxima fase, podendo fechar a série no próximo domingo (23) em partida em Washington. Esse triunfo também foi muito significativo para Tuukka Rask, que se tornou o goleiro mais vitorioso da história dos Bruins nos playoffs.

Uma das maiores críticas aos jogadores dos Capitals nessa pós-temporada tem sido a falta de energia que os jogadores estão demonstrando, e isso ficou claro desde o primeiro período desta partida. Os Bruins dominaram totalmente as ações ofensivas, chegando muitas vezes com perigo ao gol de Washington, gerando 11 chutes a gol contra apenas quatro dos rivais. Mesmo assim, nenhum dos dois times conseguiram marcar.

Os Bruins só quebraram o cadeado no segundo período, quando tiveram mais uma chance no power play, quando David Pastrnak avançou livre pela direita e deu um passe no meio para achar Brad

Marchand, que desviou para passar por Ilya Samsonov. Mesmo com a liderança no placar, Boston não se fechava, mas não sofriam nenhuma amaeaça dos Capitals, que mais uma vez deixaram a desejar na zona ofensiva. A equipe da casa ainda teve chances de aumentar a vantagem, mas desperdiçaram.

Não demorou muito, no terceiro período, para que as coisas se abrissem ainda mais para os Bruins. Com apenas 29 segundos e uma chance no power play, Charlie McAvoy achou Pastrnak na direita, e ele finalizou no canto de Samsonov para marcar mais um para os B’s. Pouco mais de 30 segundos depois, Boston chegou no ataque novamente num lindo contra-ataque, que acabou com Jake DeBrusk sendo parado pelo goleiro, mas, no rebote, ele achou um lindo passe no meio para Charlie Coyle, que marcou o terceiro.

Considerando a falta de energia e reação dos jogadores dos Capitals, parecia que a partida já estava decidida no começo do terceiro período, mas, mesmo assim, Washington ameaçou e, numa tentativa de one-timer de Alex Ovechkin, o disco desviou no defensor dos Bruins e acabou entrando, com o gol sendo computado para Ovi, diminuindo a vantagem. No entanto, essa foi a única chance clara que os Caps tiveram, e Boston rapidamente voltou a tomar o controle do jogo, até chegar, nos seis minutos finais, com mais uma vantagem numérica.

Numa boa jogada trabalhada com paciência, os Bruins rodaram todo o gelo com o disco, retornando para Matt Grzelcyk, que bateu um lindo one-timer para vencer Samsonov mais uma vez e fechar o placar para Boston.

FT: Boston Bruins 4-1 Washington Capitals (BOS lidera a série por 3-1)