Conteúdo

Bruins aproveitam power play e buscam virada pra cima dos Canucks

29 de novembro de 2021

(por Diego Dias)
 

Em jogo altamente disputado e com dois gols anulados pela arbitragem, um pra cada lado, o Boston Bruins afundou ainda mais o Vancouver Canucks ao derrotar de virada a equipe canadense, que chegou a nove derrotas (a quarta seguida) em 10 partidas. Os ursos venceram pela quinta vez consecutiva.

O ex-Bruin Jaroslav Halák deteve 39 disparos, mas nada pôde fazer para impedir a "Perfection Line" de definir o resultado depois que Brad Marchand empatou a partida no 3º período em power play, para depois servir a David Pastrňák anotar o gol da vitória também em vantagem no gelo. Patrice Bergeron também chegou a marcar o seu, mas este foi anulado nos segundos finais.

Mas foram os Canucks que inauguraram o placar logo nos primeiros minutos depois que o tcheco Jakub Zbořil cometeu penalidade e deu a vantagem numérica e o espaço que Tanner Pearson precisava para trabalhar o puck e vencer o goleiro Linus Ullmark. Mas Boston não se abateu e logo respondeu com o sueco Anton Blidh, que fez boa jogada individual e colocou o disco no cantinho de Halák deixando 1x1 no placar. Vancouver teve as melhores chances do 1º período e até recuperou a liderança no placar em power play capitalizado por Connor Garland, mas depois de desafio pedido pelo técnico Bruce Cassidy o tento foi invalidado por interferência em Ullmark.

Garland e os Canucks não tiveram tempo para lamentar o gol anulado, já que no período seguinte o jogador esteve bem posicionado na slot para pegar a sobra do disco e mandar por cima da luva de Ullmark e fazer 2x1 pros canadenses e colocar justiça no placar para a equipe que melhor jogava.

O panorama se alterou no último período e os Bruins passaram a ser mais perigosos no ataque, embora parassem em Halák. Até que Nils Höglander foi pra jaula e deixou Boston em vantagem numérica, e em meio à blitz na crease Marchand aproveitou um rebote e mandou pras redinhas antes da recomposição do goleiro. O gol sofrido acuou ainda mais os Canucks, que mostraram nervosismo. Assim, cederam outro power play aos ursos e não tiveram sucesso em matar a penalidade depois que Pastrňák se posicionou próximo da trave para no tapinha completar passe de Marchand e decretar o triunfo dos B's.

Final: Vancouver Canucks 2 @ 3 Boston Bruins

Boston encerra sua homestand encarando o Detroit Red Wings nesta terça-feira (30). Na noite anterior, Vancouver segue sua viagem indo ao Centre Bell duelar com o Montréal Canadiens.
 

Os "breakaways" do domingo

- O Toronto Maple Leafs chegou a 7 vitórias consecutivas atuando fora de casa com uma goleada sobre o Anaheim Ducks, que depois de atravessar boa fase sofreu o quarto revés nos últimos 5 compromissos. Os canadenses tiveram nas 39 defesas de Jack Campbell e na eficiência da segunda linha, que combinou para 2 gols e 4 assistências, as chaves para o resultado;

- Ryan Hartman e Nick Foligno marcaram no último período para assegurar a terceira vitória seguida do Minnesota Wild depois de cederem o empate ao Tampa Bay Lightning mesmo mais fortes no ataque. Os Bolts viram sua série de 3 triunfos chegar ao fim mesmo com as 33 intervenções de Andrey Vasilevskiy e o segundo gol de Corey Perry em três partidas pela equipe;

- Outro que venceu nas mesmas circunstâncias foi o Washington Capitals, que abriu 2 gols de vantagem antes de Jesperi Kotkaniemi e Nino Niederreiter deixarem as coisas igualadas para o Carolina Hurricanes. Mas um power play finalizado por Dmitri Orlov a três minutos do término da partida e o tento de empty net de John Carlson conduziram os Caps à liderança da acirrada divisão Metropolitana, a dois pontos dos vice-líderes Canes.

Demais resultados

Toronto Maple Leafs 5 @ 1 Anaheim Ducks

Tampa Bay Lightning 2 @ 4 Minnesota Wild

Washington Capitals 4 @ 2 Carolina Hurricanes

Philadelphia Flyers 2 @ 5 New Jersey Devils

San Jose Sharks 2 @ 0 Chicago Blackhawks