Conteúdo

Brasil encerra o ano com o maior número de cinturões do UFC entre todos os países

27 de dezembro de 2020

(por Rafael Lima)
 

O Brasil encerrou o ano muito no UFC. Nosso país possui três cinturões da organização: Galo e Pena feminino, de Amanda Nunes, e Mosca masculino, de Deiveson Figueiredo. Além dos campeões, temos outros seis brasileiros entre os três mais bem ranqueados de suas categorias.

Jessica "Bate-Estaca” é a primeira do ranking peso-mosca feminino; Charles “Do Bronx” é o terceiro entre os Leves; Gilbert “Durinho” é o segundo nos Meio-Médios;   Paulo “Borrachinha”, nos Médios, também está em segundo; enquanto Glover Teixeira, em primeiro, e Thiago “Marreta”, em segundo, estão bem próximo do topo entre os Meio-Pesados. 

Com tudo isso, a expectativa é de mais cinturões brasileiros em 2021, mostrando que a fase do nosso MMA é excelente e, numa organização cada vez mais global, o Brasil continua sendo uma enorme potência. 

Confira o ranking dos títulos do UFC por países:

 

Brasil: 3 - Galo e Pena feminino com Amanda Nunes e Mosca masculino com Deiveson Figueiredo.

Rússia: 2 - Peso-Leve com Khabib Nurmagomedov e Galo masculino com Petr Yan

Nigéria: 2 - Peso-Médio com Israel Adesanya e Meio-Médio com Kamaru Usman

Estados Unidos: 1 - Peso-Pesado com Stipe Miocic

Quirguistão: 1 - Peso-Mosca Feminino com Valentina Shevchenko

Austrália: 1 - Peso-Pena masculino com Alexander Volkanovski

China: 1 - Peso-Palha com Weili Zhang

Polônia: 1 - Peso Meio-Pesado com Jan Blachowicz