Conteúdo

Boston Celtics melhor time da NBA, tempo fecha em Miami e outros destaques da rodada desta quarta

24 de março de 2022

(por Jefferson Castanheira)
 

A ascensão do Boston Celtics está cada vez mais nítida e difícil de negar. O time comandado primorosamente por Ime Udoka vem ganhando mais e mais destaques depois do All-Star Game, principalmente pelo fator defensivo tão inteligente e ágil, capaz de minar qualquer ataque na NBA atualmente. O Boston Celtics, vencedor dos últimos 9 de 10 jogos, engatou sua quinta vitória seguida, desta vez dominando o Utah Jazz com maestria. A defesa consegue parar qualquer Pick and Roll, sabe agir em transição quando consegue reobter o controle da bola e sempre deixa as estrelas do time adversário isoladas, sem ter mais recursos ao redor. Não conseguindo parar Donovan Mitchell que anotou 37 pontos na partida, Udoka fez seus comandados cortarem as ligações do “Spida” com qualquer outro jogador na postura ofensiva, sempre rodando a bola quase sem conseguir deixar alguém livre o suficiente para arremessar ou infiltrar. A defesa de Boston congelou Mike Conley, Rudy Gobert, Eric Paschall, Royce O'Neale e Jordan Clarkson, enquanto na transição letal para o ataque Jayson Tatum (26 pontos) e Jaylen Brown (também 26 pontos) dividiam os focos de finalização da posse ofensiva. Dessa forma, assim como desde o dia 31 de janeiro, o Celtics se garante como uma das equipes mais fortes da liga e, nesse momento, o melhor time da NBA. 

Mas, se falarmos em números da temporada toda outro time é o melhor do Leste. O Miami Heat é o primeiro da conferência, time que até então parecia ser o mais assustador de se jogar contra, com tantos recursos disponíveis e a genialidade de Erik Spoelstra sendo colocada em quadra. Parecia, pois agora nada mais é certeza. Jimmy Butler e Udonis Haslem tiveram uma acalorada discussão durante a derrota para os Warriors em plena partida, enquanto todo o elenco do Heat tentava acalmar os ânimos. A origem da discussão começou quando Spoelstra passava instruções para o time, quando Butler começou a levantar a voz contra o técnico, que respondeu "O que você tá achando? Que eu vou brigar com você?". Butler se levantou esbravejando contra Spo, e Udonis Haslem entrou na frente e disse que "chutaria a bunda" de Butler, defendendo o técnico do Heat. O clima fechou completamente e relatos apontam grande discussão no vestiário da FTX Arena. Spoelstra chegou a atirar sua prancheta no chão da quadra e esbravejou contra o time. No jogo, os Warriors derrotaram o Heat em boa partida de Jordan Poole, com 30 pontos anotados, enquanto o melhor de Miami seguiu sendo Bam Adebayo, com 25 pontos. 

Ao redor da liga também tivemos a vitória do New York Knicks, congelando a sequencia vitoriosa que o Charlotte Hornets vinha mantendo. RJ Barrett comandou os Knicks com 30 pontos, enquanto o cestinha da partida, LaMelo Ball, saiu frustrado sem a vitória apesar de ter anotado 32 pontos com 9 rebotes. 

Outra frustração foi o Detroit Pistons derrotar o Atlanta Hawks, que segue sem entender seu papel na NBA neste momento. Trae Young não teve de suas melhores noites assim como todo o elenco de Atlanta, enquanto os Pistons de Jerami Grant simplesmente fizeram seu trabalho. 

O Sacramento Kings também teve sua performance ressaltada contra Indiana Pacers, no duelo de dois times de irrelevante desempenho na temporada até então. Davion Mitchell anotou 25 pontos assim como rival Buddy Hield, ex-Kings e agora jogador de Indiana, mas a vitória ficou com Sacramento. 

Em outros duelos de times da parte de baixo da tabela, o Thunder venceu o Orlando Magic graças à boa partida de Theo Maledon, enquanto o San Antonio Spurs ainda luta por uma vaga no Play-In e afundou mais ainda o Portland Trail Blazers, com grande partida de Dejounte Murray, anotando 28 pontos e 7 assistências. Os Blazers vão ficando cada vez mais pra trás, assim como o Houston Rockets vai se consolidando como pior time geral da NBA, perdendo para os Mavericks de Spencer Dinwiddie com 26 pontos e 6 assistências. 

Falando em Play-In, cenário cada vez mais nebuloso para o Los Angeles Lakers. Novamente sem contar com Anthony Davis e LeBron James, os Lakers viram Dwight Howard e Russell Westbrook anotarem 24 pontos cada - sendo que Westbrook mais uma vez sofreu com turnovers (7). Carmelo Anthony veio muito bem do banco com 20 pontos anotados, assim como Malik Monk que mais uma vez se mostra um bom ativo para a equipe. Mas os Sixers não tiverem nada a ver com isso e despacharam os Lakers com uma performance sólida do quarteto Tobias Harris (20pts), Joel Embiid (30pts, 10reb), Tyrese Maxey (21pts) e James Harden (24pts).

O Phoenix Suns saiu vitorioso contra o Minnesota Timberwolves graças a melhor performance da carreira de Deandre Ayton. O pivôzão não só foi o cestinha da partida com 35 pontos, como ainda capturou 14 rebotes e congelou Karl Anthony Towns na marcação, engatando a sexta vitória seguida. Enquanto isso, mesmo tendo Kevin Durant e Kyrie Irving em quadra, o Brooklyn Nets perdeu para o Memphis Grizzlies que sequer pôde contar com Ja Morant em quadra. Os Grizzlies dominaram a partida e tiveram muito mais volume de jogo, com Desmond Bane anotando 23 pontos junto de De'Anthony Melton e 21 de Dillon Brooks. Jaren Jackson Jr foi chato na defesa, e apesar dos 35 pontos de Kevin Durant e 43 de Kyrie, os Grizzlies saíram vitoriosos. 
 

Resultados: 

New York Knicks 121 x 106 Charlotte Hornets

Atlanta Hawks 101 x 122 Detroit Pistons

Sacramento Kings 110 x 109 Indiana Pacers

Utah Jazz 97 x 125 Boston Celtics

Golden State Warriors 118 x 104 Miami Heat

Brooklyn Nets 120 x 132 Memphis Grizzlies

Orlando Magic 102 x 118 Oklahoma City Thunder

Houston Rockets 91 x 110 Dallas Mavericks

Philadelphia 76ers 126 x 121 Los Angeles Lakers

San Antonio Spurs 133 x 96 Portland Trail Blazers
 

Destaques

Cestinha: Kyrie Irving - 43 pontos

MVP da rodada: Deandre Ayton

Jogo da rodada: Philadelphia 76ers 126 x 121 Los Angeles Lakers

Jogadas decisivas: A dominância do Jordan Poole em cima de Kyle Lowry, num espetacular crossover que demoliu o psicológico de vez do Heat.

Sinal vermelho: Miami Heat. As questões extra quadra estão colocando o time em um terreno perigoso.

Sinal amarelo: Brooklyn Nets, Apesar de ter Durant e Irving em quadra, mesmo assim perdeu para os Grizzlies. E Ja Morant sequer jogou.

Sinal verde: Boston Celtics é o melhor time da NBA nesse momento.