Conteúdo

Boston Celtics amassa Miami Heat, vitória espetacular do Sixers e muito mais sobre a segunda de NBA

1 de fevereiro de 2022

(por Jefferson Castanheira)

Oito jogos fizeram parte da segunda-feira que marcou o fim do mês de janeiro, neste último dia 31 de janeiro. Confira resultados e análises:

Celtics apaga Heat no terceiro quarto

Apesar de um começo de partida acirrado no embate entre as duas equipes, o Boston Celtics prevaleceu contra o Miami Heat, que caiu pra 2º colocação na conferência leste após perder a segunda seguida. Com destaque para um terceiro quarto avassalador, o Celtics viu a dupla Jayson Tatum (20pts, 12rbs) e Jaylen Brown (29pts) liderarem a equipe e se sobressaírem diante do rival, que não pôde ter Jimmy Butler em quadra (nem Kyle Lowry). Com dois destaques, o Heat teve Max Strus sendo o melhor jogador da equipe, com 27 pontos anotados.

Final: Miami Heat 92 x 122 Boston Celtics

Tyrese Maxey pra vitória!

O Philadelphia 76ers recebeu o Memphis Grizzilies em casa sem Joel Embiid, machucado. Todo o cenário imaginável seria de que os Sixers sucumbiriam sem sua principal estrela diante de um adversário tão forte. Mas não foi assim. Com um jogo coletivo entorpecente para o adversário e uma defesa muito sólida, os Sixers fizeram frente ao time de Ja Morant (37 pontos - mas que cometeu 9 Turnovers graças á marcação tão severa) e Desmond Bane (34pts). A partida foi para a prorrogação tamanho o equilíbrio das equipes e muita dedicação dos donos da casa, e quando faltavam 9 segundos para o fim do tempo extra, Memphis forçou uma jogada de bola de 3 pontos que daria a liderança para o time. Entretanto, a presença de Tyrese Maxey foi arrebatadora, pegando o rebote e partindo para uma bandeja que matou de vez o adversário. Maxey ainda anotou 33 pontos e com 8 assistências, e junto de Tobias Harris (31pts) ajudaram e muito á equipe da Philadelphia

Final OT: Memphis Grizzlies 119 x 122 Philadelphia 76ers

O alívio vindo do banco

Os Cavaliers estavam em apuros na partida contra o Pelicans, mas tiraram a força para conquistar a vitória através de Brandon Goodwin, que vindo do banco, anotou 21 pontos cruciais para o triunfo apertado contra NOLA. Pelos Pelicans, Devonte Graham (20pts) foi o principal ativo em uma partida recheada de erros de ambas as equipes, mas onde quem errou menos, venceu.

Final: New Orleans Pelicans 90 x 93 Cleveland Cavaliers

Isaiah Jackson na noite da vida

O pivô Isaiah Jackson teve a melhor performance da vida com 26 pontos e 10 rebotes na vitória dos Pacers em cima dos Clippers, dominando o garrafão contra Serge Ibaka, Marcus Morris e Terrance Mann. Amir Coffey anotou 27 pontos e foi o cestinha dos Clippers na derrota, em vista que o time não contou com Kawhi Leonard e nem Paul George, machucados. 

Final: Los Angeles Clippers 116 x 122 Indiana Pacers

Knicks tentando recuperar

Não é a temporada que o torcedor do NY Knicks esperava para 2022, mas o time tenta lutar para uma reação e conseguiu uma vitória tranquila contra o Sacramento Kings. Liderados ofensivamente por Alec Burks, que anotou 21 pontos, e também por Evan Fournier que teve desempenho marcante na partida, os Knicks tentam agora engatar uma sequência de vitórias, enquanto o Kings segue nas lamúrias após a derrota em que Tyrese Haliburton foi o principal destaque da equipe com 21 pontos e 8 assistências.

Final: Sacramento Kings 96 x 116 New York Knicks

Raptors colocam vitórias do Hawks em extinção

Após terem vencido o Miami Heat, o Toronto Raptors agora frustrou o Atlanta Hawks, que vinha numa sequência de 7 vitórias seguidas. O vilão das águias de Atlanta foi Gary Trent Jr, que anotou 31 pontos e viu Fred Vanvleet ceder 11 assistências para os companheiros de time. Os Hawks ficaram anestesiados após perderem a liderança na reta final da partida e não puderam manter a sequência de vitória, em partida que não contaram com Trae Young e viram Kevin Huerter ser o principal nome com 26 pontos anotados.

Final: Toronto Raptors 106 x 100 Atlanta Hawks

Sequência do Hawks acabou, mas a do Warriors...

... Tá só começando. 40 pontos anotados pelo melhor jogador da noite desta segunda-feira, Stephen Curry. O armador estrelar acabou com o Rockets e engatou a sexta vitória seguida com a ajuda do (polêmico) All-Star Andrew Wiggins, que anotou 23 pontos. Sem muita chance de vitória, bastou para Christian Wood (24pts, 13rbs) tentar alguma coisa em quadra enquanto colocava em prática seu jogo sozinho e sem muita vontade.

Final: Golden State Warriors 122 x 108 Houston Rockets

Onde o Blazers vai parar?

Eu não sei. Ninguém sabe. Mas o time de Portland perdeu de forma vexatória para o Thunder em noite de double-double de Josh Giddey (14pts, 12rbs) e Luguentz Dortz como cestinha com 18 pontos. A melancolia de Portland segue viva, sendo um time desconexo e completamente entregue ao adversário, com 21 pontos e 7 assistências de CJ McCollum completamente morimbundo ao tentar entender o restante do time - sem Damian Lillard. 

Final: Portland Trail Blazers 81 x 98 Oklahoma City Thunder

Destaques da noite:

Cestinha: Stephen Curry (40 pts)

Melhor jogador: Stephen Curry e Tyrese Maxey

Melhor atuação coletiva: Boston Celtics

Pegou o elevador: Golden State Warriors, sexta vitória seguida.

Sinal amarelo: Miami Heat, Los Angeles Clippers

Sinal vermelho: Portland Trail Blazers e Sacramento Kings

Sinal verde: Boston Celtics, Philadelphia 76ers e Golden State Warriors