Conteúdo

Boletim Copa América - Com doblete de Messi, Argentina goleia Bolívia; Com gol de Cavani, Uruguai vence o Paraguai e "escapa" do Brasil

28 de junho de 2021

(por Leonardo Costa)

 

Em sua última rodada da fase de grupos, a Copa América teve dois jogos disputados nesta segunda-feira. O Uruguai venceu o Paraguai pelo placar mínimo, enquanto a Argentina contou com mais uma grande atuação de Lionel Messi para golear a Bolívia. Com os dois resultados, foram conhecidos os confrontos de quartas-de-final da competição.

Messi brilha e Argentina passeia

Diante da eliminada Bolívia e precisando apenas de um empate para garantir a liderança do Grupo A, a Argentina contou com mais uma atuação de gala de Messi, que anotou duas vezes e ainda foi o responsável pela assistência ao gol que abriu o placar.

A vitória argentina começou a ser construída logo aos 5 minutos, quando Papu Gómez recebeu lindo passe por cavadinha de Messi e chutou de primeira, sem chances para Carlos Lampe. Aos 32', Messi, em cobrança de pênalti, ampliou a vantagem. E ainda tinha mais do jogador do Barcelona na primeira etapa: Pouco antes do intervalo, Kun Aguero descolou bom passe para Messi, que saiu livre na cara do gol e tocou por cobertura por cima de Lampe. Primeiro tempo espetacular da Argentina.

Na segunda etapa, a seleção boliviana diminuiu com Saavedra, que completou cruzamento de Justiniano após bela triangulação pelo lado direito. Por fim, aos 19 minutos, Lautaro Martínez fechou o placar aproveitando bola sobrada na pequena área.

Noite especial para Messi, não apenas pela grande atuação, mas também por ter se tornado o atleta com mais jogos disputados com a seleção argentina, com 148, deixando para trás Javier Mascherano.

Cavani marca no início e dá vitória ao Uruguai

Com um esquema tático um pouco diferente, em que Suárez ficou no banco e não atuou ao lado de Cavani, o Uruguai contou com um gol do atacante do Manchester United para garantir o triunfo e, também, escapar de um possível confronto com o Brasil já nas quartas-de-final.

Os uruguaios estavam melhores em campo quando Arrascaeta foi derrubado dentro da área aos 19 minutos. Cavani foi para a cobrança e abriu o placar. O jogo ficou nervoso e truncado após o gol do Uruguai, com poucas chances claras na primeira etapa.

No segundo tempo, o Paraguai chegou a marcar com Oscar Romero, mas o VAR anulou o gol por posição adiantada do atacante. Com os paraguaios se lançando mais ao ataque, a equipe do Uruguai teve boas oportunidades de ampliar nos contra-ataques, mas falhou no último passe. De qualquer forma, vitória sem muitos sustos da seleção uruguaia, que passou o Paraguai na tabela e terminou na segunda colocação do Grupo A.