Conteúdo

Blues atropelam em Winter Classic recordista, virada incrível dos Canes, goleada dos Leafs em arena vazia e mais do sábado de NHL

2 de janeiro de 2022

(Por Diego Dias)

Neste primeiro dia de 2022 tivemos uma rodada bastante agitada, digna de um início de ano. Diante de mais de 38.500 espectadores no Target Field, casa do Minnesota Twins da MLB, o puck foi dropado para a 13ª edição do Winter Classic. A partida foi disputada sob uma temperatura de -21ºC, um recorde em jogos outdoor superando os -18ºC registrados em Edmonton Oilers x Montréal Canadiens pela Stadium Series de 2003.

No gelo, mais recordes. Os dez gols anotados por St Louis Blues e Minnesota Wild foram a maior quantidade em partidas ao ar livre, e os 4 pontos anotados por Jordan Kyrou (2 gols e 2 assistências) se tornou a maior marca individual em duelos outdoor. Kyrou foi o grande nome da vitória dos Blues, construída no 2º período depois que o próprio Kyrou desempatou logo com 27 segundos ao desviar no tapinha a direção do disco e fazer 2x1 St Louis. A partir daí, os Blues pressionaram a todo momento a equipe da casa, e Vladimir Tarasenko mandou um slapshot do círculo direito para ampliar a vantagem, desmoronando de vez uma eventual reação do Wild.

Para piorar a situação de Minnesota, a equipe não conseguiu matar a penalidade depois que, em rápida troca de passes, Pavel Buchnevich achou Kyrou na slot. Ele chutou e Cam Talbot deu rebote, devidamente aproveirtado por Ivan Barbashev. Os Blues tinham a maior posse do puck e novamente acenderam a lâmpada minutos depois, em outra boa troca de passes que Kyrou completou sem chances para Talbot, cuja noite parecia estar no fim. O que se confirmou depois que Torey Krug anotou o sexto dos Blues já no minuto final, respondendo à altura o tento de Rem Pitlick em wrap around que surpreendeu Jordan Binnington.

Kaapo Kahkonen assumiu a meta de Minnesota no último período e o Wild passou a ser mais presente na zona ofensiva. De tanto tentar e com Kahkonen sacado para deixar 6 patinadores, a equipe ainda diminuiu o prejuízo em belo disparo de primeira de Ryan Hartman após bom passe cruzado de mats Zuccarello que Binnington tentou interceptar, deixando o espaço necessário para o puck morrer nas redinhas. Binnington ainda viu Kevin Fiala receber livre na slot e, com tempo para domnar o disco e tirar qualquer chance de defesa, mandou no cantinho do gol. Mas no fim St Louis conseguiu segurar o resultado.

Final: St Louis Blues 6 @ 4 Minnesota Wild

Antes do gelado (e quente) confronto em Minneapolis, o Carolina Hurricanes conseguiu uma impressionante virada de 7 gols pra cima do Columbus Blue Jackets mesmo jogando na Nationwide Arena. A equipe de Raleigh teve uma atuação medíocre no 1º período, quando permitiu os gols de Zach Werenki e Adam Boqvist, além do tento de Gustav Nyquist mesmo estando em power play, o qual encerrou a partida do goleiro Antti Raanta, e parecia não ter forças para reagir.

Alexandre Texier ainda roubou o disco na defesa e avançou para anotar o quarto de Columbus, que lançava mão das rápidas transições para levar perigo. Mas os Canes, mais frequentes no ataque, chegaram ao primeiro gol em disparo de Tony DeAngelo e desvio de Steve Lorentz, e depois Brady Skjei deixou 4x2 no placar e deu mais ânimo à equipe.

Mas foi no 3º período que o enredo mudou. Os Jackets tiveram que trocar o goleiro Denis Tarasov, que fazia boa partida mas sentiu uma contusão ainda no fim do período anterior. Elvis Merzilikins veio em seu lugar e viu a brilhante atuação ofensiva de Carolina, iniciada no segundo gol de Skjei livre no círculo esquerdo para mandar no ângulo do goleiro letão. Os Hurricanes então fizeram uma verdadeira blitz na crease a notaram mais três gols em apenas 1:25 minutos e completaram a virada.

Os Blue Jackets ainda tentaram uma última cartada sacando o goleiro, mas Andrei Svechnikov marcou o sétimo com a meta vazia e deu números finais ao grande triunfo dos Canes.

Final: Carolina Hurricanes 7 @ 4 Columbus Blue Jackets

Sem a presença de torcedores devido ás restrições impostas pelas autoridades sanitárias da província de Ontario, o Toronto Maple Leafs anotou dois gols seguidos em shorthanded no 1º período e atropelaram o rival regional Ottawa Senators na Scotiiabank Arena em grande performance da dupla William Nylander e Ilya Mikheyev, que marcaram 2 gols cada.

TJ Brodie, que havia dado as assistências nos dois gols em desvantagem numérica, anotou o terceiro dos Leafs com um belo wrap around antes de Nylander puxar contrataque e fazer 4x0 ao limpar Matt Murray e completar pro gol, já no terço final do duelo. Mikheyev acendeu a lâmpada pela segunda vez capitalizando um power play e Nylander também fez seu segundo nos minutos derradeiros e fechou a terceira vitória seguida de Toronto. Já os Sens somaram o terceiro revés consecutivo.

Final: Ottawa Senators 0 @ 6 Toronto Maple Leafs

Destaques do sábado

Estrelas da rodada: Jordan Kyrou (2g, 2a), Viktor Arvidsson (2g, 2a) e Matthias Ekholm (3a).
Jogo da rodada: Blue Jackets x Hurricanes
Jogada decisiva: Gol de Charlie Coye na prorrogação, completando virada dos Bruins.
Sinal vermelho: Kraken, que chegou a 5 derrotas em sequência.
Sinal amarelo: Oilers, que conheceram a terceira derrota seguida e a nona nos últimos 12 jogos, perdendo terreno na divisão do Pacífico.
Sinal verde: Canucks, que venceram 8 dos últimos nove compromissos.

Demais resultados

Buffalo Sabres 3 @ 4 Boston Bruins (OT)
Vancouver Canucks 5 @ 2 Seattle Kraken
Edmonton Oilers 2 @ 3 New York Islanders (OT)
Montréal Canadiens 2 @ 5 Florida Panthers
Chicago Blackhawks 1 @ 6 Nashville Predators
Philadelphia Flyers 3 @ 6 Los Angeles Kings