Conteúdo

Bernie Ecclestone critica o calendário da Fórmula 1: “É assim que você irrita até os maiores fãs e destrói o interesse da TV"

5 de outubro de 2021

(por Rafael Lima)
 

Bernie Ecclestone, homem forte da Fórmula 1 até 2016, criticou duramente o provável calendário de 2022 com 23 grandes prêmios previstos, um recorde de corridas numa mesma temporada. “18 corridas são o bastante. Mas agora isso está destruindo muitas famílias com esse estresse desnecessário e atropela a saúde”, disse Ecclestone ao GrandPrix.com. “É assim que você irrita até os maiores fãs e destrói o interesse da TV também”. Completou o ex-dirigente.

O calendário de 2022 ainda não é oficial, mas o esboço mostra que a temporada acontecerá de 20 de março à 20 de novembro, com três rodadas triplas: 3, 10 e 17 de julho com os GPs da Inglaterra, Áustria e França ou Emília-Romanha; 29 de agosto, 4 e 11 de setembro com os GPs da Bélgica, Holanda e Itália; e depois com 25 de setembro, 2 e 9 de outubro com os GPs da Rússia, Singapura ou Turquia e Japão.