Conteúdo

Barcelona vence com gol de Ansu Fati e fica próximo da classificação para a próxima fase da Champions

2 de novembro de 2021

(por Matheus Correia)

Na tarde desta terça-feira (2), o Dínamo de Kiev recebeu o Barcelona no Estádio Olímpico de Kiev pela 4ª rodada da Champions League no Grupo E. Sem técnico, os espanhóis conseguiram a vitória com um gol de seu camisa 10, vingando o doloroso empate da equipe em pleno Camp Nou no jogo de ida contra os ucranianos.

O Barcelona teve um bom início, trabalhando a bola com calma e de maneira organizada, aguardando pacientemente a abertura de espaços no campo de ataque. Entretanto, a equipe começou a ficar sem repertório e o Dínamo de Kiev passou a levar perigo ao gol de Ter Stegen através de contra-ataques em velocidade.

Aos 27 minutos da primeira etapa, os ucranianos tiveram uma boa chance após boa jogada de Tsygankov pelo meio. O meia direita encontrou Carlos de Pena pela esquerda, com o uruguaio tocando para Shaparenko mais à frente. O camisa 10 da equipe de Kiev finalizou cruzado e a bola saiu raspando a trave do Barcelona.

A equipe espanhola perdeu o domínio das ações no meio campo, e passou a buscar alternativas pelas laterais. O Barça também passou a explorar a bola aérea, e quase abriu o placar após um belo cruzamento de Mingueza. Nico subiu alto e cabeceou, com a impressão de que o goleiro Bushchan não alcançaria a bola. Para o azar do time catalão, Memphis Depay estava obstruindo a trajetória da finalização, e praticamente tirou o gol de sua equipe.

A performance de ambas as equipes decaiu bastante com o aproximar do fim da primeira etapa. E mesmo após a volta do intervalo, o jogo continuou pouco inspirado e de chances escassas para os dois times.

Em uma rara chegada do Dínamo no ataque, Karavaev quase marcou um golaço após finalizar colocado contra o gol de Ter Stegen. A curva da bola acabou não sendo a ideal e o chute foi para fora.

Aos 17 minutos do segundo tempo, o árbitro Ovidiu Hategan anotou uma penalidade máxima a favor dos espanhóis. Após confusão na área, a bola sobrou para Ansu Fati, que tentou a finalização, mas foi travado por Kedziora. Após revisão no VAR, o juiz constatou que a ação do lateral ucraniano não foi faltosa, e anulou o pênalti.

Ansu Fati não se abalou com a não marcação da penalidade, e aos 25 minutos, marcou o primeiro gol no Estádio Olímpico. Mingueza cruzou rasteiro e Fati pegou de primeira na entrada da área, chutando forte e em meia altura. Bushchan não teve tempo de reagir e a bola morreu no fundo da rede.

A partida esfriou após o gol catalão; os ucranianos tentavam sair para jogo e apostavam na velocidade da transição entre defesa e ataque. E foi com essa mentalidade que Mircea Lucescu substituiu Garmash para a entrada do brasileiro Vitinho, ex-Athletico Paranense.

Vitinho iniciou uma boa jogada que quase resultou no gol de empate, já na reta final do confronto. O brasileiro acionou Verbic na esquerda, que cruzou rasteiro em direção à área. A bola acabou sobrando em Tsygankov, que conseguiu finalizar, mas viu Ter Stegen fazer uma bela defesa e salva sua equipe do empate.

Resultado: Dínamo de Kiev 0 – 1 Barcelona
Apesar da partida pouco inspirada do Barça, o resultado é o que mais importa neste momento. Ansu Fati foi decisivo mais uma vez, e a equipe também contou com boas atuações de Óscar Mingueza e Sergio Busquets.

O Dínamo pareceu depender apenas de jogadas de contra-ataque, mostrando pouquíssimo repertório ofensivo. A equipe se fechou atrás até onde deu, e a impressão é de que o Barcelona havia confirmado a vitória logo ao marcar o gol.

Com a vitória, o Barcelona soma 6 pontos no grupo E, figurando na segunda colocação. A classificação pode vir já na próxima rodada, caso a equipe vença o Benfica no Camp Nou.

Já o Dínamo sonha apenas com a Liga Europa: a equipe ucraniana se encontra na última colocação com apenas um ponto.