Conteúdo

Barcelona condena tentativa de agressão contra Ronald Koeman após ‘El Clássico’

25 de outubro de 2021

(por Layo Lucena)

O Barcelona, nesta segunda-feira (25), divulgou um comunicado em suas redes sociais condenando os atos de “violência” e de “desdenho” sofrido por Ronald Koeman, treinador da equipe, após o clássico contra o Real Madrid, neste domingo (24).

Logo após o duelo, quando Koeman deixava o estádio do Camp Nou, um grupo de torcedores (não identificados) cercou o carro do treinador e começou a depredar o veículo. A ação continuou até Koeman, lentamente, conseguir “fugir” do local.

A equipe catalã emitiu um comunicado: “O FC Barcelona condena publicamente os atos violentos e desdenhosos contra Ronald Koeman, no momento em que o treinador deixava o Camp Nou.

“O clube tomará medidas disciplinares e de segurança para que esse evento infeliz nunca aconteça de novo”.  

Durante o ‘El Clássico’ o Camp Nou recebeu 86.000 mil torcedores, sendo a primeira partida desde o início da pandemia na qual não foram utilizadas restrições sanitárias.