Conteúdo

Avs saem perdendo, mas buscam a virada com "heroi improvável" e estão a uma vitória da final

5 de junho de 2022

(Por Diego Dias)

O Edmonton Oilers até abriu o placar com menos de 1 minuto de jogo, mas Valeri Nichushkin marcou duas vezes e encaminhou a virada do Colorado Avalanche no Canadá para fazer 3-0 na série e deixar a equipe de Denver bem prózima de voltar às finais da Stanley Cup depois de 21 anos. Foi o sexto triunfo do Avalanche na estrada nesta pós-temporada.

No entanto, nem tudo foi motivo de festa em Colorado. Nazem Kadri foi jogado nas bordas em lance com Evander Kane ainda no 1º período e não jogará mais nesta série, podendo ainda ficar de fora da eventual final. Sem o também lesionado Darci Kuemper, os Avs tiveram 27 defesas do backup Pavel Francouz. Já Mike Smith evitou um placar ainda mais elástico, sobretudo nos power plays, e terminou com 39 intervenções.

Com apenas 38 segundos de puck no gelo, Zach Hyman ganhou uma disputa na zona neutra e passou para Connor McDavid, que avançou pela esquerda e disparou do círculo para abrir o placar aos Oilers. Mas os canadenses logo permitiram uma pressão dos Avs quando Kane empurrou Kadri para as bordas e foi punido com 5 minutos de penalidade. Smith salvou um verdadeiro bombardeio de Colorado e manteve Edmonton com chances reais de ampliar.

No entanto, o Avalanche chegou ao empate nos instantes finais graças a uma dose de sorte. Nichushkin disparou do círculo esquerdo e o disco desviou no stick de Darnell Nurse e foi no contrapé de Smith. O mesmo Nichushkin ganharia um faceoff, para na sequência se posicionar para receber passe de Devon Toews e no slapshot virar o jogo para os Avs no início do 2º período. Os Oilers pareceram ter sentido o golpe e se mostraram afobados no gelo, cometendo turnovers e dando o contragolpe ao adversário, que só não passava pelo atento goleiro Smith.

Até que, em uma de suas poucas chegadas perigosas no 3º período, Edmonton chegou ao empate. Depois de outra defesa de Smith, a equipe puxou a transição ao ataque com Ryan McLeod, que disparou da slot e surpreendeu Francouz. Um foguete! Mas Colorado manteve a pressão ofensiva e novamente teve "ajuda da sorte" no arremate de JT Compher pela direita, onde Smith demorou a fechar as pernas e o disco acabou morrendo nas redinhas.

Com o 3x2 adverso no placar e vendo a série se complicar, os Oilers ainda tentaram uma última pressão sacando Smith nos últimos minutos. Mas quem aproveitou foi Mikko Rantanen, que no empty net deu números finais aos visitantes indigestos de Denver.

Final: Colorado Avalanche 4 @ 2 Edmonton Oilers (COL lidera 3-0)

Colorado, que ainda não perdeu fora de casa nestes playoffs, pode fechar a série nesta segunda-feira (06) novamente no Rogers Place.