Conteúdo

Aston Martin pode ter problemas com desenvolvimento do carro após acidentes na Austrália

13 de abril de 2022

(por Mattheus Prudente)

O fim de semana difícil da Aston Martin na Austrália pode acabar tendo repercussões para o futuro da equipe na temporada. Segundo o chefe da equipe, Mike Krack, as colisões de Lance Stroll e Sebastian Vettel podem acabar atrapalhando desenvolvimento do carro nas próximas corridas. 

“Eu tenho certeza que vocês contaram quantos acidentes nós tivemos, e a quantidade de asas dianteiras e suspensões que nós quebramos, então dá para rapidamente calcular o tanto que precisamos para ir para a Imola. Por isso, sim, essa questão (desenvolvimento prejudicado pelas colisões) está correta. Nós teremos capacidade de desenvolver ou teremos que improvisar? Ainda estamos discutindo isso.” Disse Krack. 

A equipe teve vários problemas na Austrália, com o motor de Vettel quebrando durante um dos treinos livres, além de um acidente do alemão no TL3. Stroll não ficou muito atrás, protagonizando uma das batidas mais bizarras da temporada, quando virou o carro em cima da Williams de Nicholas Latifi, tirando os dois da sessão. 

O começo da temporada tem sido difícil para a Aston Martin, que se tornou a única equipe sem pontos na temporada após Alex Albon conquistar um ponto para a Williams. A equipe não contou com Vettel para o seu início de temporada, já que o alemão estava com Covid-19. No entanto, seu desempenho foi ruim na estreia. 

Seu companheiro, por sua vez, causou polêmicas, com Pierre Gasly reclamando e o chamando de “irresponsável”. Com o teto de gastos em vigor, a equipe talvez tenha que ser ainda mais criativa com o desenvolvimento do carro, visto que as colisões custaram bastante para os britânicos em Melbourne.