Conteúdo

Após se juntar aos Lakers, Carmelo Anthony está esperançoso em conquistar seu primeiro título:  "É hora de vencer”

14 de setembro de 2021

(por Rafael Lima)
 

Carmelo Anthony está feliz e empolgado com a transferência para o Los Angeles Lakers. Veterano tinha o sonho de atuar ao lado do amigo LeBron James e, se não bastasse, ainda vê sua melhor chance de conquistar o título da NBA, justo na reta final da carreira. 

Em entrevista ao podcast ‘Post Up’, de Chris Haynes, Melo falou sobre sua expectativa. “A única coisa que não tenho é um campeonato. Eu ganhei em todos os níveis. Agora que estou com os Lakers, é obrigatório. Não há dúvida sobre isso. Temos que atender. É hora de vencer agora. Tenho que pensar nisso a cada segundo do dia”, disse o ala.

Outro assunto abordado por Anthony foi a idade avançada do novo time dos Lakers, que adquiriu os experientes Russell Westbrook, Dwight Howard, Trevor Ariza e DeAndre Jordan, além dele e LeBron. “Nós entendemos isso, rimos disso e levamos isso como um grão de sal e seguimos em frente porque todos de fora têm suas opiniões sobre isso e nós é que sabemos quem somos. Nós sabemos o que temos que fazer. Nós sabemos como faremos. Essas são as coisas com as quais temos que lidar”, afirmou Melo.

Para finalizar, Carmelo Anthony ainda falou sobre a situação de outra estrela, seu antigo companheiro de equipe, Damian Lillard, que viveu um imbróglio em relação à sequência em Portland. “Essa é sua cidade, sua organização. E estou me referindo a ele como alguém que já esteve [na situação dele] algumas vezes em lugares diferentes. Ele nunca falou em ir embora. O que ele falou é: ‘Eu quero vencer’”, analisou o veterano.

Carmelo Anthony é um dos maiores jogadores de sua época, sendo franchise player por anos quando atuava pelo Denver Nuggets e o New York Knicks, com temporadas que lhe renderam 10 eleições ao All-Star Game, além de quatro medalhas olímpicas, sendo três de ouro e uma de bronze. Depois de uma queda brusca de desempenho, Melo se reencontrou nos últimos dois anos em Portland, na última temporada o ala apresentou médias de 13.4 pontos e 3.1 rebotes, com 40.9% de aproveitamento nos arremessos de três pontos, sendo peça importantíssima dos Blazers saindo do banco.