Conteúdo

AO- Dia 6: Com algumas surpresas, foram decididos os confrontos das oitavas de final; Confira

22 de janeiro de 2022

(Por Leonardo Costa)

 

No segundo dia de disputas da terceira rodada, oito jogos da chave masculina do Australian Open embalaram a madrugada do Brasil. Destaque para as vitórias de Daniil Medvedev e Stefanos Tsitsipas, além da queda de Andrey Rublev para o experiente Marin Cilic e o jogaço entre Taylor Fritz e Roberto Bautista-Agut. Confira os resultados:

T. Fritz (EUA) 3 x 2 R. Bautista-Agut (ESP)

S. Tsitsipas (GRE) 3 x 1 B. Paire (FRA)

M. Cressy (EUA) 3 x 1 C. O'Connell (AUS)

D. Medvedev (RUS) 3 x 0 B. Van de Zandschulp (HOL)

F. Auger-Aliassime (CAN) 3 x 0 D. Evans (GBR)

J. SInner (ITA) 3 x 1 T. Daniel (JAP)

A. de Minaur (BEL) 3 x 0 P. Andújar (ESP)

M. Cilic (CRO) 3 x 1 A. Rublev (RUS)

Com o final da terceira rodada, foram conhecidos os duelos das oitavas de final do torneio australiano, e não vai faltar grandes embates. Confira:

G. Monfils (FRA) x M. Kecmanovic (SER)

P. Carreno-Busta (ESP) x M. Berrettini (ITA)

A. Zverev (ALE) x D. Shapovalov (CAN)

A. Mannarino (FRA) x R. Nadal (ESP)

A. de Minaur (BEL) x J. Sinner (ITA)

T. Fritz (EUA) x S. Tsitsipas (GRE)

M. Cilic (CRO) x F. Auger-Aliassime (CAN)

M. Cressy (EUA) x D. Medvedev (RUS)

Medvedev, principal cabeça-de-chave, terá pela frente Maxime Cressy (70º), de 24 anos e que 'furou' a parte baixa do chaveamento ao vencer John Isner (25º) na primeira rodada. Até o momento, Cressy já disparou 77 aces, o que deve ser sua principal arma contra o russo, que perdeu apenas um set no torneio até o momento.

Já Zverev, outro cotado ao título, medirá forças contra Denis Shapovalov (14º), no que será o sétimo encontro entre eles, com quatro vitórias para o alemão. Outro confronto que promete muito é o embate entre Rafael Nadal e Adrian Mannarino, dois dos jogadores mais experientes das oitavas. O francês vem embalado e jogando um AO muito sólido, com direito a vitórias sobre Hurkacz e Karatsev, enquanto que Nadal cedeu apenas um set contra Khachanov. Na história, dois confrontos e duas vitórias do espanhol.

Por fim, Cilic e Auger-Aliassime devem travar uma grande partida. O croata se sente cómodo atuando no AO, onde já fez final em 2018, ao tempo que o jovem canadense superou uma chave extremamente difícil para chegar até às oitavas, tendo o triunfo contra Evans uma de suas melhores atuações.