Conteúdo

Andre Burakovsky marca no tempo extra e Avs levam jogo 1 das finais

16 de junho de 2022

(Por Diego Dias)

O Colorado Avalanche até abriu boa vantagem no período inicial. Mas o Tampa Bay Lightning conseguiu responder à altura no 2º período e segurou a pressão para forçar a prorrogação. No entanto, o heroi da noite foi Andre Burakovsky, que marcou o gol que dá a liderança das finais da Stanley Cup aos Avs.

Darcy Kuemper pouco trabalhou, mas deteve 20 dos 23 chutes que sofreu, enquanto Andrei Vasilevskiy foi mais exigido ao defender 34 disparos.

Empurrado pelos torcedores na Ball Arena, o Avalanche logo tomou conta da partida e abriu 2x0 em intervalo de pouco mais de 2 minutos com o capitão Gabriel Landeskog pegando uma sobra de puck e depois com Valeri Nichushkin aproveitando um vacilo da defesa de Tampa para roubar o disco e mandar por entre as pads de Vasilevskiy. Nick Paul ainda tentou recolocar os Bolts na disputa ao completar rápido contrataque tocando no cantinho direito de Kuemper, mas Colorado manteve o ímpeto ofensivo e fez o terceiro tento aproveitando o power play 5-contra-3, em arremate de Artturi Lehkonen.

Foram 3 gols em 15 chutes, ameaçando a continuidade de Vasilevskiy no gelo. No entanto, o goleiro russo teve grandes intervenções que evitaram uma definição do resultado ainda no terço inicial.

Assim, o Lightning pôde equilibrar o jogo no 2º período e, assim como os Avs haviam feito, acenderam a lâmpada em dose dupla em curto espaço de tempo. Primeiro, com Ondřej Palát recebendo bom passe de Nikita Kucherov e arrematando da slot. E depois no minuto seguinte com Mikhail Sergachev chutando de longe e aproveitando o tráfego na crease para bater Kuemper e deixar tudo igual. Os Bolts eram melhores até então, mas aos poucos o Avalanche foi igualando as ações, mas os goleiros mantiveram o empate.

Colorado voltou a ter domínio da partida e esteve praticamente o tempo todo na zona ofensiva durante o último período. Vasilevskiy mostrou estar recuperado do início ruim de noite e executou várias grandes defesas, que deixaram os Bolts com chances de anotar nas rápidas transições pro ataque. Mas quase colocaram tudo a perder com o high sticking de Pat Maroon a poucos minutos do fim, que permitiu ao Avalanche terminar o tempo regulamentar na vantagem numérica. Mas Vasilevskiy mais uma vez apareceu para forçar o tempo extra.

Na prorrogação, a pressão dos Avs deu resultado logo de início. Em troca de passes, JT Compher disparou e o defensor bloqueou. O disco então sobrou limpo para Nichushkin, que passou para o arremate de primeira de Burakovsky colocar Colorado em vantagem na série.

Final/OT: Tampa Bay Lightning 3 @ 4 Colorado Avalanche (COL lidera 1-0)

O segundo jogo da série acontece neste sábado (18) novamente em Denver.