Conteúdo

Alpine pode “emprestar” Oscar Piastri para outra equipe em 2023

17 de abril de 2022

(por Mattheus Prudente)

A Alpine tem, em sua equipe, uma joia para ser lapidada no campeão da Fórmula 2 do ano passado Oscar Piastri. O piloto subiu para a Fórmula 1 neste ano, e está vivendo um ano de aprendizado como reserva da escuderia francesa. No entanto, por querer dar mais experiência para o australiano, a Alpine consideraria um empréstimo de Piastri para outra equipe em 2023. 

O empréstimo seria com a condição de que Piastri retornaria para a Alpine ao final da temporada, o que pode não agradar as equipes que busquem o piloto. Após a temporada passada, existia muita especulação sobre o futuro do australiano, com ele disputando uma vaga na Alfa Romeo, que acabou sendo ocupada pelo chinês Zhou Guanyu. 

A Alpine, então, se vê em uma situação difícil com Piastri, já que ele ocupa a vaga de piloto reserva neste ano, mas não ficaria feliz em continuar nessa função em 2023. A esperança dos franceses é que Fernando Alonso, que tem contrato até o final do ano, anuncie sua aposentadoria, mas o espanhol declarou que pretende correr por pelo menos mais dois ou três anos. 

No momento, são poucas as vagas abertas para o ano que vem, o que poderia ser difícil para a equipe buscar, inclusive, o empréstimo do piloto. O CEO da equipe, Laurent Rossi, disse que o desenvolvimento de Piastri é a prioridade da equipe, e que ele “não quer deixá-lo sentado no banco esperando para sempre.” 

Teoricamente, nos próximos anos, a Alpine teria pelo menos duas vagas abertas para a entrada do australiano. Apesar de ter três anos de contrato, Esteban Ocon é visto como um substituto natural de Lewis Hamilton na Mercedes, enquanto Alonso, com seus 40 anos, pode acabar saindo se não se sentir mais competitivo. De um jeito ou de outro, veremos Piastri no grid da F1 em breve.