Conteúdo

Alonso volta a afirmar que quer continuar na Fórmula 1 após 2022

25 de maio de 2022

(por Mattheus Prudente)

A Alpine deve ter problemas para escolher os seus pilotos para 2023, e isso se dá, principalmente, pelo interesse de Fernando Alonso em continuar na Fórmula 1 no ano que vem e a vontade de Oscar Piastri de ter uma posição no grid. O piloto espanhol, após o GP da Espanha, voltou a demonstrar interesse em continuar na categoria no próximo ano. 

“No próximo ano ou nos próximos dois anos eu gostaria de continuar pilotando, pois ainda me sinto no meu melhor. Seria errado ficar apenas assistindo a Fórmula 1 em casa enquanto eu tenho certeza das minhas habilidades. Quando eu não tiver mais certeza, eu serei o primeiro a sair, pois a Fórmula 1 é muito desafiadora. É preciso sacrificar muita coisa para correr, mas, no momento, ainda vale a pena fazer.” Disse Alonso. 

Alonso não tem um contrato definido para a próxima temporada, e vive sob a pressão de um jovem Piastri, que foi campeão da Fórmula 2 em 2021 e ficou como piloto reserva da Alpine para este ano. O australiano quer um lugar no grid para o próximo ano, e algumas equipes já monitoram a sua situação, como é o caso da Williams, se decidirem trocar Nicholas Latifi. 

Ao mesmo tempo, existe uma confiança muito grande dentro da Alpine em Alonso, que retornou de forma triunfante para a Fórmula 1 em 2021 e continua fazendo um bom trabalho em 2022. O espanhol afirmou que nenhuma conversa foi iniciada com os franceses sobre um novo contrato, mas afirma que “a motivação ainda está ali.” 

Alonso e a Alpine voltam às pistas neste fim de semana, quando acontece o GP de Mônaco.