Conteúdo

Alonso diz que poderia ter feito a pole no GP da Austrália: “eu estava com um bom ritmo”

9 de abril de 2022

(por Mattheus Prudente)

Uma das surpresas da classificação para o GP da Austrália era a força da Alpine de Fernando Alonso, que disputou as primeiras posições antes de sofrer um problema hidráulico no Q3, enquanto fazia uma ótima volta, que o colocaria entre os primeiros colocados. Bravo pelo problema, Alonso afirma que poderia ter largado na frente na corrida de amanhã. 

Perguntado sobre os seus problemas de confiabilidade, Alonso disse que se sente um pouco azarado, mas sente que o carro está evoluindo. 

“A confiabilidade só é um problema no meu carro, o outro parece normal. Por isso que eu disse que me sinto um pouco azarado, pois, se estivéssemos com problemas nos dois carros, seria algo que íamos precisar consertar, mas parece ser muito aleatório para a minha parte, e acontece quando estamos rápidos. 

No Barein estávamos em nono ou décimo, então você não liga se o carro para, pois estamos falando de um ou dois pontos. Em Jidá, estávamos bem. Hoje, um top 2 ou 3 estava garantido, eu tinha o rimo para isso. É doloroso.” Disse Alonso. 

Com o problema, Alonso irá largar em décimo na corrida na Austrália após um grande quali no geral, quando ele ficou constantemente entre os cinco primeiros. O espanhol diz que se surpreendeu com o seu carro brigando pela pole, mas não por estar próximo aos líderes, afirmando que esse “está sendo o seu melhor fim de semana em anos.” 

Seu companheiro de equipe, Esteban Ocon, que andou atrás dele durante o fim de semana inteiro, larga na oitava posição. Alonso já teve problemas com o seu carro em Jidá, quando estava marcando pontos e acabou sofrendo problemas com o motor. O espanhol está no limite de uso de motores, já que está utilizando o seu terceiro em trÊs etapas, podendo sofrer punição se usar mais um.