Conteúdo

Allen Iverson diz que LeBron e Durant estão à frente de Jordan

5 de agosto de 2020

(por Eduardo Schachnik)

Allen Iverson, craque que fez história com a camisa dos Sixers, disse em uma live com o rapper Fat Joe, no “Joprah Show” (trocadilho com a rainha das entrevistas Oprah Winfrey), que, por mais que ame Jordan, LeBron James é o número um... e Kevin Durant. O rapper Fat Joe parece ter preferido fugir da polêmica e mudou logo de assunto.

Acontece que, no melhor estilo Iverson, as “Answers” foram bastante imprecisas e engraçadas. O armador destilou humildade e simpatia, dizendo ser fã de praticamente todas as estrelas da NBA atual, não sendo capaz de fazer um ranking.

Assim como fez em relação aos jogadores, Iverson colocou o treinador Larry Brown como o melhor de todos, mas logo depois elencou também Gregg Popovic, Jerry Sloan, Doc Rivers e Phill Jackson (este último com menos ênfase) na mesma categoria. Sobre Brown, Iverson revelou que o treinador lhe avisou de antemão que pegaria pesado com ele o tempo todo, independentemente de ele fazer tudo certo, demonstrando posteriormente que isso permitia que o “coach” pegasse mais pesado ainda com os outros atletas, que não poderiam reclamar diante do tratamento dispensado à estrela. Nessa hora, Iverson declarou que Brown era um gênio.

Na conversa, o armador disse ainda que adora Tyronn Lue e não gosta de ver a imagem dele passando por cima do amigo nas finais de 2001, uma das cenas mais rememoradas da NBA.

Em outra demonstração de humildade, o ex-jogador disse que não pode ser comparado a Isiah Thomas, pois coloca o lendário jogador dos Pistons à sua frente sempre, ressaltando que Thomas o ensinou demais.

Iverson aproveitou também para enaltecer os calouros. Disse ser fã de Ja Morant e Zion Williamson e defendeu o jovem dos Pelicans ao dizer que ele não parecia estar acima do peso e que deveria ter mais tempo de quadra.

A.I. ainda aproveitou para dar uma cutucada nas “panelas”. Criticando a dança de jogadores que formam supertimes, o craque afirmou que nunca se imaginou jogando com Shaq ou Kobe, porque seria fácil demais. Sobre Shaq, Iverson demonstrou enorme respeito, considerando-o um dos mais dominantes da história, à frente de Wilt Chamberlain e colocando-o num patamar à parte, ao lado apenas de Bill Russell.

Já em relação à Kobe, “The Answer” afirmou que ele está no top 5 da história, mas que não o via como um competidor direto, pois Kobe era grande demais para ele e não costumavam se enfrentar tanto individualmente. Sendo assim, preferiu citar Stephon Marbury, Steve Nash e Steve Francis como grandes adversários.

Aproveitando a deixa do tamanho, A.I. criticou quem coloca armadores de 6’2’’ (1,87m) ou mais, como Stephen Curry, Russell Westbrook e o próprio Isiah Thomas, na conversa dos melhores “baixinhos” da NBA.

Entre os episódios engraçados relatados na entrevista, Fat Joe lembrou uma noite de bebedeira em NY que antecedeu uma partida de 47 pontos de Iverson contra os Knicks. Iverson relatou uma ocasião em que tentou parar uma enterrada de Shaq, praticamente subindo em suas costas, ao que Kobe lhe repreendeu: “o que você tá fazendo cara? Quer morrer?”.

Kobe é top 5, Shaq está num patamar único com Bill Russell, LeBron e Durant são o número 1, e por aí vai, os números não parecem somar corretamente. Pela entrevista fica claro que a afirmação de Iverson sobre LeBron, KD e Jordan é muito imprecisa e que serve apenas para demonstrar a admiração da estrela por seus companheiros de profissão, no estilo despojado que é inerente ao craque.

Você pode conferir a entrevista completa no instagram de @fatjoe.