Conteúdo

Alguns dados e estatísticas cruciais por trás das 13 vitórias seguidas do Phoenix Suns

23 de novembro de 2021

(Por Leonardo Costa)

 

Após um começo de temporada com apenas um triunfo em suas primeiras quatro partidas, os atuais vice-campeões da NBA engataram a quinta marcha e emplacaram 13 vitórias seguidas desde então, e já estão com a segunda melhor campanha da liga.

Já se passaram 15 anos desde a última vez que a franquia do Arizona atingiu a marca de treze vitórias consecutivas. Foi na temporada 2006-07 que sob a batuta de Steve Nash, e com a presença de Leandrinho, que os Suns marcaram época. Além do mais, seu início com 14-3 é o melhor começo de temporada da equipe após 17 partidas desde 2009.

Em termos históricos, faltam apenas cinco vitórias para estabelecer o recorde de triunfos da franquia, que é de 17, alcançado justamente na temporada 2006-07. Para isso, terão que passar por cima de Cavs, Knicks, Nets e, por duas vezes, os Warriors, uma sequência longe de ser fácil.

Para além das vitórias, um dos dados estatísticos que ratificam a sequência positiva dos Suns é o sólido desempenho defensivo. Em seus treze jogos invictos, a franquia tem um rating defensivo de 100,1 pontos por partida, segunda melhor da NBA, atrás apenas dos Warriors, com 99. Em sete ocasiões Chris Paul e companhia limitaram os rivais a menos de 100 pontos.

Juntamente com a baixa média de pontos sofridos está o bom desempenho em tocos e roubos de bola. Nos últimos treze jogos, os Suns são a segunda equipe com mais roubos, com 9,7, e seus 5 tocos por jogo os deixam com a 11ª melhor média entre as 30 equipes.

Por fim, se a defesa está trabalhando à excelência, o ataque não fica muito atrás. Com médias de 113,5 pontos anotados durante a racha vencedora, ficam atrás, novamente, de Golden State. Os Suns têm seis jogadores com dígito duplo em pontos de média, e a solidariedade se reflete como a 4ª equipe com mais assistências por partida, com destaque para CP3.