Conteúdo

Alex Volkanovski diz que não está fugindo do retorno de Henry Cejudo: 'UFC nunca mencionou seu nome, nunca’

8 de fevereiro de 2022

(por Rafael Lima)
 

O ex-campeão de duas divisões do UFC, Henry Cejudo, afirma que está voltando ao MMA para conquistar um terceiro título.

É por isso que o atual campeão peso-pena do UFC, Alex Volkanovski, não está muito preocupado com os rumores de que está “correndo” do atleta olímpico de 34 anos, especialmente considerando que a promoção ainda não mencionou “Triple C” em nenhuma de suas conversas.

“Eu nem me importo com o cara”, disse Volkanovski ao The MMA Hour. “Obviamente, nos divertimos um pouco e ele está sempre tentando me trollar e me irritar e fazer essa luta acontecer. Mais uma vez, recebo pessoas que vão dizer que estou correndo. O UFC nunca mencionou seu nome, nunca. E isso nunca foi mencionado para mim, nunca esteve nem perto de uma opção. Como vou levar a sério se o UFC não leva a sério? E eu nem sei se Henry está realmente levando isso a sério. Mas cara, eu gosto do cara. Ele tem ótimas habilidades. Você fez grandes coisas em outras divisões. E você se aposentou, então não faz sentido.” Completou o campeão dos penas.

Cejudo se afastou do MMA depois de parar Dominick Cruz no UFC 249, no início de 2020. Nos dois anos desde que se foi, o ex-“Messenger” vem provocando um possível retorno, mas o presidente do UFC, Dana White, ainda não aceitou.

“Se alguma vez houve um momento em que eu faria isso, provavelmente seria agora”, continuou Volkanovski. “Mas, novamente, o UFC não iria trazer isso à tona. Eles estão pensando isso, qual é o ponto? Você não merece. E então, e se você fizer isso de alguma forma – você vai se aposentar e [largar o cinturão novamente]? Embora eu tenha ouvido Henry dizer: ‘Ah, se eu fizer isso, ficarei’, não acho que eles acreditem nisso. Mas você não teria que se preocupar com isso de qualquer maneira". Finalizou o australiano.

Volkanovski (23-1) defende seu cinturão dos penas contra o “Zumbi Coreano”, no UFC 273, em abril.