Conteúdo

Agora sim! Barco dos Buccaneers zarpa diante dos Panthers

20 de setembro de 2020

(por Felipe Tostes)

Neste domingo, pela segunda semana da temporada regular da NFL, tivemos o duelo válido pela NFC Sul entre o Tampa Bay Buccaneers e o Carolina Panthers. O jogo foi realizado no Raymond James Stadium e contava com o cenário de reabilitação para ambos os times, uma vez que perderam seus jogos de estreia.

Um primeiro período de partida resumido nos turnovers cometidos pelo ataque do Carolina Panthers, foram duas posses de bolas perdidas que foram cruciais para a partida. Na primeira, Teddy Bridgewater foi interceptado por Jordan Whitehead e, na segunda, o quarterback sofreu um fumble que foi recuperado pela defesa de Tampa Bay.

Ambos os erros custaram bem caro, e o ataque liderado por Tom Brady conseguiu se beneficiar, marcando dois touchdowns na sequência. O primeiro com direito a uma big play do veterano quarterback com seu recebedor Mike Evans, e por fim, Ronald Jones II correu para marcar os primeiros pontos da partida. Já o segundo foi bem na primeira chamada após o fumble recuperado, Brady novamente lançou Evans, agora com o wide receiver na end zone para garantir a pontuação.

O segundo quarto começou de uma maneira positiva para a franquia de Charlotte, uma vez que Tom Brady sofreu um fumble e sua defesa conseguiu recuperar a bola. Só que essa alegria durou poucos minutos, já que a campanha ofensiva dos Panthers acabou em um “turnover on downs” após o time arriscar um fake punt em uma quarta descida para duas jardas.

Seguindo a tradição imposta no jogo, o ataque de Bruce Arians voltou querendo aproveitar após um vacilo do adversário. Brady conseguiu encontrar outro bom passe na campanha, e desta vez foi Justin Watson que garantiu um grande avanço. Quem acabou aparecendo mais nos snaps nesta campanha foi Leonard Fournette, que garantiu jardas terrestres e também aéreas, por fim, o mesmo correu até a end zone para anotar mais um TD para os Bucs e sacramentar o placar da primeira metade da partida.

Intervalo de jogo: Carolina Panthers 0x21 Tampa Bay Buccaneers

O terceiro quarto de partida começou de uma forma um tanto quanto engraçadinha, já que na primeira posse o time do Carolina sofreu mais um fumble que foi recuperado pela defesa dos piratas. Só que desta vez não ouve capitalização, e Tampa Bay, na primeira chamada ofensiva, acabou cometendo um erro, Brady forçou um passe na direção de Gronkowski e falhou por muito, assim sendo interceptado por Donte Jackson.

Precisando voltar para a partida, o ataque dos Panthers precisava mostrar serviço e finalmente conseguiu uma campanha digna. Teddy Bridgewater não se abalou com os erros cometidos até aqui e conseguiu conectar bons passes para seus recebedores, o quarterback ainda foi muito bem aliado com a estrela da franquia, Christian McCaffrey, que soube aparecer no momento certo e correu para anotar o primeiro touchdown da sua equipe no jogo.

O último período da partida começou com os Panthers novamente no ataque, Bridgewater novamente comandava uma longa campanha, com uma big play na direção de D.J. Moore. Tudo caminhava bem até que a equipe alinhou em um momento crucial, uma quarta descida para duas jardas na linha de sete do campo de Tampa. O time precisava arriscar e isso que foi feito, para tal momento ninguém melhor que McCaffrey, e o running back não decepcionou e correu para pontuar novamente.

Tom Brady não voltou bem para a partida após o intervalo, e isso ficou nítido, causando uma grande queda na produção ofensiva, ainda assim Fournette conseguia alguns avanços terrestres, esses foram fundamentais para o time conseguir alinhar para um field goal de 33 jardas, convertido pelo kicker Ryan Succop. O detalhe é que essa campanha iniciou após outro turnover dos Panthers, Bridgewater havia sido interceptado novamente, desta vez por Carlton Davis.

Com duas posses atrás do placar, os Panthers precisavam correr contra o relógio e seu quarterback conseguiu voltar para a partida após a uma interceptação, Bridgewater alinhou bons passes com seus recebedores e a equipe foi ganhando terreno, só que no final do campo o time não conseguiu avançar até a end zone, assim preferindo chutar um field goal em uma quarta descida para o goal. O FG de apenas 23 jardas foi convertido por Joey Sley, deixando o placar do jogo em uma posse só.

Matt Rhule decidiu apostar em um onside kick para o seu time, só que o mesmo não surtiu efeito, e a bola foi recuperada por Tampa. Acreditem ou não, quem apareceu no special team e agarrou essa bola foi Rob Gronkowski.

Com menos de dois minutos no relógio e só precisando correr para gastar tempo, os Bucs fizeram o que estava dando certo, deixaram a bola com Fournette e o running back não quis nem saber, arrancou em direção a end zone e anotou mais um touchdown para dar números finais à partida.


Fim de jogo: Carolina Panthers 17x31 Tampa Bay Buccaneers


O Tampa Bay Buccaneers garante sua primeira vitória na temporada, um alivio para a sequência do trabalho de Bruce Arians e seus comandados. A defesa, que fez um grande trabalho nesta tarde, foram 5 sacks no quarterback adversário e duas interceptações, o que garantiu uma vida mais fácil para o ataque. Falando da parte ofensiva, o grande destaque da partida foi Leonard Fournette, que teve 12 tentativas para o ganho de 103 jardas e 2 TDs. Tom Brady apresentou um pouco de dificuldade, ainda mais quando foi exigido no segundo tempo, vamos aguardar as próximas partidas do quarterback. No próximo domingo, os Buccaneers vão até Denver medir forças diante dos Broncos em Mile High.

Já o Carolina Panthers amarga sua segunda derrota e aparece na última colocação da NFC Sul. O ataque sofreu muito nesta partida, principalmente a linha ofensiva, o que acabou atrapalhando diretamente o desempenho de Teddy Bridgewater. Os melhores momentos da equipe foram quando o QB teve tempo para fazer algo, mas mesmo assim não foi suficiente. Christian McCaffrey precisará ter paciência nesse processo de reconstrução de Carolina. Na próxima semana, os Panthers jogarão fora de casa novamente, desta vez contra o Los Angeles Chargers.

Curiosidades: Tom Brady nunca em sua carreira perdeu seus dois primeiros jogos de temporada regular. E o Carolina Panthers, ao lado do Seattle Seahawks, eram os únicos times que detinham um recorde positivo contra Tom Brady, recorde este que caiu com a derrota de hoje. Agora o quarterback soma três vitórias e três derrotas diante dos Panthers.