Conteúdo

Afinal, quem saiu ganhando na troca "bomba" entre Penny Hardaway e Chris Webber em 1993? Magic ou Warriors?

6 de março de 2022

(por João Zarif)

Em 1993, uma troca no dia do draft mudou o cenário da NBA.  O Orlando Magic trocou sua 1ª escolha geral pela 3ª escolha geral do Golden State Warriors e ativos adicionais de draft.  Os homens envolvidos: Chris Webber e Anfernee Hardaway.  Um grande homem que era uma estrela comprovada e vencedor na faculdade, por um armador chamativo, como Magic Johnson. Depois de quase três décadas, vamos ver quem "ganhou" a troca.

Shaq e Webber juntos teriam sido assustadores

O Orlando Magic teve as menores probabilidades na loteria do draft em 1993, pois quase chegou aos Playoffs, terminando em 9º no Leste.  Surpreendentemente, a equipe ganhou a primeira escolha geral, o que significava que eles selecionariam o número 1 por dois anos consecutivos - eles conseguiram Shaquille O'neal no ano anterior.  Todos tinham certeza de que escolheriam Chris Webber.  Naquela época, grandes homens ainda eram considerados um luxo, e ter Shaq e Webber em uma equipe era uma verdadeira riqueza com a qual uma franquia só poderia sonhar.  

Ter Penny foi difícil de recusar

No entanto, em uma troca inesperada, o técnico do Golden State Warriors, Don Nelson, propôs uma troca com a 3ª escolha e futuros jogadores de primeira rodada para o Magic.  A terceira escolha passou a ser Anfernee Hardaway.  O Magic aceitou, e os fãs ficaram loucos, porque percebeu-se que Webber era a escolha mais lógica e de baixo risco.  Não só Penny Hardaway ainda não era ninguém naquela época, mas dar uma primeira escolha geral era um conceito estranho: não havia sido feito antes.

Desconhecido para muitos, foi Shaq quem aprovou Penny. Os dois se conheceram no set de Blue Chips, filme sobre basquete da época, e foi aí que "The Diesel" conheceu seu futuro armador.  Hardaway foi convidado para um teste com a equipe, e ele teria impressionado tanto o gerente geral do Magic, Pat Williams, que acabou rotulando Penny como o próximo Magic Johnson.  

Quem ganhou a troca?

Infelizmente, nenhum dos jogadores atingiu o nível para o qual foram projetados.  Webber e Penny eram estrelas da liga por direito próprio, mas os especialistas acreditavam que poderiam ter alcançado mais se não fossem as lesões e as mudanças de equipe que desviaram sua ascensão ao nível de superestrela. Penny e Shaq encantaram os fãs dando show em alguns momentos, mas a parceria durou pouco.  Em 1996, o pivô foi para o Los Angeles Lakers, uma mudança surpresa que ele admite se arrepender até hoje. Se ele tivesse ficado mais tempo em Orlando, poderia ter criado coisas maiores com Penny.  

Um ano antes de Shaq ir para os Lakers, Orlando foi para a final, mas foi varrido por 4 a 0 para o Houston Rockets de Hakeem "The dream" Olajuwon. Os fãs presumiram que a equipe se reagruparia e tentaria novamente no próximo ano, mas o time implodiu depois que Shaq saiu. Tudo o que Magic deveria ter feito era oferecer mais dinheiro ao lendário pivô, mas o time deixou a bola cair.

Por outro lado, a passagem de Webber pelos Warriors foi interrompida bruscamente.  Ele foi enviado para o Washington Bullets depois de apenas uma temporada.  Em seu ano de estreia, C-Webb teve uma média de 17 pontos.  Ele voltaria a jogar pelo Golden State depois de mais de uma década, na temporada 2007-2008.  A última parada de sua carreira foi o retorno de Webber, mas ele só conseguiu quase 4 pontos por jogo aos 34 anos.

Chris jogou por outras equipes em sua carreira, mas seria mais lembrado pelo Sacramento Kings, onde teve média de 23,5 pontos em sete temporadas.  Infelizmente, os Kings nunca chegaram às finais porque enfrentaram a dinastia dos Lakers liderada por Kobe Bryant e O'Neal.  Os fãs de Sacramento ficam imaginando o que poderia ter sido porque a formação de C-Webb, Mike Bibby, Vlade Divac e Peja Stojakovic foi formidável e divertida de assistir.

De relance, você poderia dizer que Orlando venceu a troca quando Penny e Shaq foram para as finais, e eles ainda receberam três escolhas de primeira rodada dos Warriors. Além disso, Hardaway teve seus melhores momentos em Orlando, já Webber logo foi trocado pelos Warriors. Dito isso, claramente o Magic se deu bem com a troca. Ainda assim, parece que não houveram vencedores - as lesões e circunstâncias ao longo dos anos nos roubaram anos dominantes de Hardaway e Webber, que nunca atingiram seu ápice potencial, apesar de estarem para sempre nos corações dos torcedores de Orlando e Sacramento.