Conteúdo

51 vezes Scott Dixon! Dobradinha neozelandesa e Kanaan em 11º na primeira corrida no Texas

1 de maio de 2021

(por Jefferson Castanheira)
 

Das 212 voltas programadas, ele liderou 206. Quando falamos de consistência e dominância, quem você acha que pode ser citado em seguida quando falamos dos últimos anos da Fórmula Indy? Pois é, Scott Dixon teve mais uma vitória de gala (a 5ª dele no Texas – circuito oval onde o hexacampeão da categoria teve sua primeira vitória há 20 anos), liderando quase toda a prova e segurando Scott McLaughlin, seu compatriota que guia o #3 da Penske, chegando na segunda colocação. 

A prova não teve qualify devido a chuva que caiu na cidade de Fort Worth, Texas. Sendo assim, a prova teve um adiantamento de 30 minutos do horário previsto para largada, pois um clima nublado ameaçava o andamento da pista. Com isto, os carros largaram nas mesmas posições de suas colocações no campeonato, sendo assim, Alex Palou foi o pole position, seguido de Will Power e Scott Dixon – enquanto o brasileiro Tony Kanaan largou apenas na 23ª colocação ao estrear na temporada. Logo no começo da corrida, Dixon tomou a frente do certame e guiou pela vitória de modo preciso, como a raposa que ele é. Na volta 55, Sebastian Bourdais foi para o muro após choque com Colton Herta e James Hinchcliffe, causando a primeira bandeira amarela.

Tony Kanaan fez uma excelente prova e conseguiu deixar muitos carros para trás, chegando em 11º. Pietro, que guia o carro de Grosjean e largou em 14º, chegou em 15º. 

Com a vitória de Dixon, o neozelandês tomou a liderança do campeonato com 118 pontos, seguido de seu companheiro de equipe da Ganassi Alex Palou em 2º e Will Power em 3º. Além disso, Scott Dixon quebrou a marca de AJ Foyt e agora venceu uma corrida em pelo menos 19 temporadas, sendo um recorde absoluto, somado ao fato também de que agora o neozelandês está a uma vitória de empatar com Mario Andretti no numero total de vitórias da IndyCar unificada. 

A próxima etapa já acontece neste domingo, no mesmo circuito do Texas, para a segunda etapa no oval, às 18h, horário de Brasilia, em corrida transmitida pela TV Cultura.