Conteúdo

11 Jogadores não receberão mais salários na atual temporada da MLB

29 de junho de 2020
12h 37

(por Vinícius Freitas)


Segundo Ronald Blum da Associated Press, onze jogadores da MLB não receberão mais salários referente a temporada atual por conta do COVID-19, que reduziu o número de jogos. O motivo para não pagar salários futuros a esses jogadores é por conta dos adiantamentos que os atletas já receberam.

As equipes da MLB encaminharam US$ 170 milhões em pagamento adiantado aos jogadores como parte de um acordo de março entre a liga e a Associação de Jogadores de Beisebol, depois que a liga adiou a temporada por causa da pandemia de coronavírus. Jogadores com contrato direto (On Straight) receberam cerca de 286 mil dólares de adiantamento. Jogadores com contratos divididos (On Split), que ganham salários mais baixos nas ligas menores do que nas categorias principais, receberam aproximadamente US$16.500, US$30.000 e US$60.000 dependendo da arrecadação da liga menor que o atleta integrou.

Caso nenhum jogo seja mais cancelado nesta temporada, nenhum dos jogadores terá que acertar as diferenças de valor entre o adiantamento e o salário, pois há um acordo no contrato de março alegando que essa diferença será devolvida às equipes através do Fundo Internacional de Impostos da Liga.

Apesar de não receberem mais pagamentos, isso acabou beneficiando os jogadores que estão nessa situação, pois caso a temporada tivesse sido cancelada, esses jogadores receberiam a mesma quantia que todos os outros do elenco, independente do nível técnico ou do contrato já estabelecido. Os jogadores que não receberão mais nesta temporada são: Jimmy Nelson (Los Angeles Dodgers), Andrew Knapp (Philadelphia Phillies), Freddy Peralta (Milwaukee Brewers), Johnathan Holder (New York Yankees), Matt Wisler (Minnesota Twins), Grant Dayton (Atlanta Braves), Jharel Cotton (Chicago Cubs), Ross Stripling (Dodgers) e Jesse Hahn (Kansas City Royals) e Erik Gonzalez (Pittsburgh Pirates)