Conteúdo

Com hat-trick de Pastrnak, Bruins vencem clássico contra Canadiens e atuações de goleiros ajudam Kings e Canucks a vencerem

13 de fevereiro de 2020
14h 45

(por Mattheus Prudente)

Veja como foi a quarta-feira da NHL:

 
Boston Bruins 4-1 Montreal Canadiens
Mais uma grande atuação do agora artilheiro da NHL David Pastrnak ajudou os Bruins a conquistarem mais uma grande vitória num clássico contra os Canadiens. O seu show começou logo no início da partida, quando, depois de um turnover na zona neutra, Brad Marchand partiu em velocidade no meio de três defensores e conseguiu um lindo passe para Pastrnak abrir o placar. Os Canadiens equilibraram bem o jogo, mas Tuukka Rask fez ótimas defesas para manter a liderança;

No segundo período, Pastrnak apareceu de novo, dessa vez dominando muito bem um passe de Sean Kuraly e finalizando no alto do goleiro para aumentar a vantagem dos Bruins. Os Canadiens logo reagiram e, poucos segundos depois, Nick Suzuki desviou o chute de Marco Scandella para marcar. No final, Pastrnak completou seu hat-trick aproveitando o bate e rebate no power play de Boston. Na etapa final, os Canadiens voltaram a jogar bem, mas Rask os manteve distantes até que Patrice Bergeron finalizou o placar num gol no empty net.

 
Los Angeles Kings 5-3 Calgary Flames
Os Kings aproveitaram uma rara boa noite ofensiva para vencerem os Flames em casa, contando com uma grande atuação do goleiro Calvin Petersen, que fez 35 defesas. Após um primeiro período morno, Mikael Backlund abriu o placar para os Flames no segundo, mas, em menos de um minuto, Tyler Toffoli e Austin Wagner viraram o jogo para os Kings. Depois disso, Petersen começou a fechar o gol, impedindo o empate de Calgary algumas vezes com grandes defesas.

A etapa final foi de total domínio dos Flames, mas foram os Kings que abriram mais ainda a vantagem com um belo gol de Kurtis MacDermid. Calgary, pouco depois, reagiu com o primeiro gol de Elias Lindholm, e começou a pressionar muito, mas Petersen continuou sua noite inspirada. No final, Jeff Carter aproveitou o belo passe de Adrian Kempe para finalizar de primeira e fazer o quarto. Os Flames não desistiram, e marcaram novamente com Lindholm, mas, no empty net, Sean Walker fechou o placar.

 
Vancouver Canucks 3-0 Chicago Blackhawks
 

[[{"type":"media","view_mode":"media_large","fid":"5244","attributes":{"class":"media-image size-full wp-image-19385 aligncenter","typeof":"foaf:Image","style":"","width":"1200","height":"800","alt":""}}]]

 

Mais uma grande atuação de goleiro na noite, agora com Jacob Markstrom, ajudou os Canucks a segurar um shutout contra os Blackhawks. O goleiro fez impressionantes 49 defesas para não deixar o grande jogo ofensivo de Chicago passar e Vancouver, com apenas 20 chutes a gol, vencer. Um dos melhores power plays da Liga, os Nucks abriram o placar numa bela jogada trabalhada que acabou com a finalização de Bo Horvat, sem chances para Corey Crawford.

No segundo período, o domínio dos Blackhawks na partida ficou ainda mais claro, mas os Canucks aumentaram a vantagem, aproveitando o turnover na zona ofensiva para fazer uma bela jogada trabalhada no tic-tac-toe para Adam Gaudette colocar para dentro. Markstrom fez duas grandes defesas, primeiro contra Patrick Kane e depois contra Kirby Dach. A etapa final continuou com o mesmo cenário: os Blackhawks atacavam e Markstrom parava tudo. No final, no empty net, Brandon Sutter deu números finais à partida e confirmou o shutout.